sexta-feira, 17 de novembro de 2017

As seleções que vão para o mundial em 2018

O início das Eliminatórias para a Copa do Mundo foi em março de 2015, com jogos na Ásia e na Concacaf (América do Norte, Central e Caribe) e terminaram em dezembro, com os últimos duelos das repescagens que envolveram equipes dos quatro cantos do mundo. Ao todo, vão à Rússia 14 seleções da Europa, cinco da Ásia, cinco da África, e oito das Américas.

As maiores surpresas foram as seleções da Islândia e do Panamá, que jogarão uma Copa pela primeira vez na história. O Brasil segue como o único a disputar todas as edições e os vexames ficaram por conta de Holanda e Itália, não classificadas.

Veja abaixo os 32 países que irão até a Rússia no ano que vem:









sábado, 14 de outubro de 2017

Dez dicas para se fazer um filme de terror de sucesso



O gênero terror é muito popular entre os amantes de filmes, prova disso é que It: A Coisa recentemente se tornou o filme de maior bilheteria na história do horror, arrecadando cerca de 300 milhões de dólares nas bilheterias dos EUA. Isso prova que um sustinho, de vez em quando, ainda faz grandes negócios. 

Já que está em alta, imaginamos que nos próximo anos muitos outros filmes sejam lançados, tentando aproveitar a "onda", já que ganhar dinheiro é o que a indústria dos cinemas sabe fazer de melhor. 

Pensando nisso, que preparamos 10 regras para se fazer um bom filme de terror e que consequentemente seja bem sucedido. Tá ok, nem precisa ser maravilhoso, basta ter um bom trailer que já torna tudo bem mais simples. 

Segue abaixo as minhas 10 melhores dicas para fazer um filme de terror alcançar o sucesso. Pode me agradecer depois nos comentários. 

*Nota: Ser bem sucedido, não significa ter boa qualidade. 

1 - Faça uma sequência ou uma pré-sequência 


Recentemente, fazer uma sequência de um filme de terror, significa consignar a obra. Boa parte dos bons filmes de terror da atualidade, fazem parte de uma franquia. As pessoas são como "cães", se elas reconhecem alguma coisa que alguma vez gostaram, elas se sentirão atraídas. Então basta usar essa receita. 

2 - Faça um remake 


Muito parecido como fazer uma sequência. Escolha um nome conhecido, sem se preocupar se as pessoas viram ou não a película original, pois a maioria vai assistir mesmo assim. Quanto mais controverso for o original melhor, pois certos nomes possuem um lugar aterrorizante na cultura popular, independente se o público conhece ou não. Dica: Um nome controverso traz peso suficiente para aumentar o interesse. 

3 - Defina ele num período retrô


Um filme que se passa num período de tempo antigo é o que "vinga" atualmente. Podemos citar Annabelle e o próprio It.
Basta colocar que a trama se passa nos anos 80, por exemplo, pois é um período suficiente para que as pessoas possam fingir que se lembram desse tempo, Surgirá aquele sentimento de passado nostálgico e o sucesso vem em sequência. 

4 - Coloque um garoto assustador na trama  


Um garoto burro com uma carga de farinha nas bochechas, parado no final de um corredor, dizendo algo clichê como "Venha brincar comigo!". Pronto, está ai sua grande cena assustadora. 

5 - Coloque um garoto não-assustador na trama 


Seria algo semelhante ao item anterior, mas não exatamente igual. Nesse caso é bom usar uma criança que não tenha uma áurea sombria.
A maioria das pessoas se lembram de como é ser uma criança, então, colocar uma em perigo imediato é maravilhosamente eficaz. Tática de assustador. 

6 - Torne-o realmente violento 


Nos anos 80 era um tal de arranca cabeça, era uma competição de quem derramava mais sangue ou cortava a maioria dos membros ou tirava pra fora mais tripas. Porém, essa ideia mudou um pouco, pois o objetivo era obter mais público e ganhar mais dinheiro. Para isso, os filmes deveriam manter as coisas mais domesticadas. 
De fato parecia ser algo mais seguro, mas (sempre tem um mas..) alguns filmes recentes cutucaram um pouco isso e colocaram algumas cenas chocantes e o público meio que curtiu.
Então, está liberado fazer do seu filme um pouco mais violento. As pessoas gostarão, use o instinto. Tente algo novo. 

7 - Coloque uma boneca maldita nele. 


Bonecos sempre foram uma boa aposta, pois essencialmente são assustadores, logo que 98% das pessoas tem medo deles.

8 - Coloque um tubarão também 


Bonecos são bons, mas os tubarões são melhores. Eles conquistam o mercado de baixo orçamento e desde o filme Tubarão, esses animais vem sendo um pilar para o cinema, pois é um bicho que a maioria das pessoas acham interessantes. 

9 - Use um livro do Stephen King. Qualquer um 


Stephen King é um autor que possui a maioria de filmes adaptados de suas obras. Só em 2017 foram produzidos 4 filmes e duas séries de televisão e tem mais vindo por ai. Só das pessoas verem o nome dele no cartaz já começa a imaginar que pode ser algo bom. 

10 - Se tudo falhar, faça uma metragem 


Tudo bem que faz tempo que um filme nesse estilo não faz sucesso, mas ainda há uma importante razão para se cogitar a fazê-lo. Você deve fazer um filme de "filmagem encontrada" porque eles são extremamente baratos de se fazer. 
Há uma razão para que filmes como Bruxa de Blair e Atividade Paranormal tenham entrado numa lista tão estimada de lucros; é porque eles assumiram o mundo em pequenos orçamentos. 
É muito fácil fazer um filme de "fita encontrada" - pegue alguns amigos, pegue uma câmera barata e corra ao redor de uma floresta gritando. Dinheiro garantido. 



Então, aprendemos que para um bom filme de terror, basta fazermos um remake com 18 sequências ambientado nos anos 80 com uma criança que foi comida por um tubarão e voltou a vida no corpo de uma boneca. O diretor seria o Jordan Peele e teria a criançada do Stranger Things nele. Com certeza você iria querer assistir.  











sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Vem aí o filme Live Action da Turma da Mônica



Em 2018 chegará aos cinemas do Brasil o primeiro filme live action da Turma da Mônica e nessa sexta-feira, o próprio Maurício de Souza anunciou as quatro crianças que interpretarão os famosos personagens do bairro do Limoeiro. 

Kevin Vechiatto é o Cebolinha; Gabriel Moreira é o Cascão; Giulia Barreto é a Mônica; e Laura Rauseo é a Magali.  

O longa tem como base a HQ "Laços", romance gráfico dos irmãos Cafaggi. Escrita e desenhada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, a obra ganhou quatro prêmios no HQMix, maior premiação dos quadrinhos nacionais, e conta as aventuras de Cebolinha, Mônica, Cascão e Magali para encontrar Floquinho. 

 Gabriel Moreira, de nove anos, foi escolhido para interpretar Cascão em 'Turma da Mônica – Laços' (Foto: Divulgação e Fabio Tito/G1)
 Kevin Vechiatto, de 11 anos, foi escolhido para interpretar o Cebolinha em 'Turma da Mônica – Laços' (Foto: Divulgação e Fabio Tito/G1)
 Laura Rauseo, de nove anos, foi a escolhida para interpretar Magali em 'Turma da Mônica – Laços' (Foto: Divulgação e Fabio Tito/G1)
Giulia Barreto, de nove anos, foi escolhida para interpretar a Mônica no filme 'Turma da Mônica – Laços' (Foto: Divulgação e Fabio Tito/G1)

Eu particularmente já estou muito empolgado para poder assistir ao filme. Vale destacar que quem assume a direção é o Daniel Rezende o mesmo do filme "Bingo" que está fazendo sucesso nos cinemas brasileiro e que conta a história de um dos palhaços Bozo. 


terça-feira, 26 de setembro de 2017

Vem aí o textão no twitter?



Sim, claro, foi apenas um título meio sensacionalista, pois a nova função que está sendo testada na rede social Twitter me agrada bastante e acredito que vai agradar até mesmo aos fãs mais saudosistas da ferramenta. 

Mais especificamente hoje ( 26/09) por meio de uma postagem em seu blog oficial, o twitter anunciou que começou a testar um novo limite de caracteres para as mensagens que os usuários poderão escrever. Basicamente pulando de 140 para 280 caracteres em cada mensagem. 

Sim, ainda está limitado a um número pequeno de pessoas, mas tudo leva a crer que em breve todo mundo terá acesso e poderá escrever um pouco mais. 

Não é de hoje que o twitter vem dando mais espaço ao usuário, onde já faz algum tempo que as menções e indicações de resposta a outras pessoas, não seguem a regra do limite de caracteres. Fora os links e arquivos de mídia que também possuem um tratamento especial. 



Fonte Twitter 

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Cartazes de 'Stranger Things' inspirados em filmes dos anos 80



A famosa série da Netflix estará de volta, com sua segunda temporada, no dia 27 de outubro para a alegria dos fãs do mundo inteiro. Para divulgar a série, foram disponibilizados alguns cartazes que se baseiam em alguns filmes dos anos 80 que originalmente inspiraram a série. 

Não há muito para se acrescentar sobre eles, pois os mesmos são bons por conta própria. 


Este é baseado na obra de Stephen King e representa o filme "Chamas da Vingança" estrelado por Drew Berrymore do ano de 1984. 


Este é baseado no filme Alien de 1979. 


Este é baseado na "Morte do Demônio" do ano de 1981. 


Esse é do filme "Tubarão" de Steven Spielberg, o único da lista que não é dos anos 80. O filme é de 1975. 


Uma representação do filme "O Sobrevivente" de 1987 estrelado por Arnold Schwarzenegger. Mais um de Stephen King. 


Encantadora homenagem a "Hora do Pesadelo" de 1985. 


Esse é fácil. É do filme "Conte Comigo", clássico da Sessão da Tarde. 


Outro clássico "Os Goonies", de 1985. 

Realmente a equipe de marketing do filme vem trabalhando muito bem.