quinta-feira, 31 de julho de 2014

Morre Fausto Fanti, o Renato do 'Hermes e Renato'



Fausto Fanti, do grupo de humor "Hermes e Renato", foi encontrado morto nesta quarta-feira, 30, em São Paulo, às 16h56. A 23ª Delegacia de Perdizes, que registrou o caso.

Segundo a polícia, ele foi encontrado no chão do banheiro de seu apartamento em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo por seu amigo de infância e também integrante do "Hermes e Renato", Adriano Silva. Fausto estava com um cinto no pescoço e a polícia trabalha com a hipótese de suicídio.

Fausto ficou famoso por interpretar o personagem Renato no humorístico "Hermes e Renato", que estreou na MTV Brasil em 1999. Além dele, faziam parte do grupo Adriano Silva, Felipe Torres, Bruno Sutter e Marcos Alves. O sucesso do grupo fez com que eles criassem outros produtos para a emissora, como novelas humorísticas, dublagens de filmes e sátiras musicais, como a banda fictícia de heavy metal Massacration, que até hoje excursiona por todo o Brasil.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

História da Mortal Kombat ( 1992 - 2014 )




Olha eu aqui novamente falando sobre a franquia de jogos Mortal Kombat. Dessa vez trago-lhes um vídeo mostrando a evolução do jogo desde a primeira versão de 1992.

No vídeo vocês poderão observar como a jogabilidade mudou bastante, poderão observar os gráficos e o que teve de erros e acertos.



E aí, curtiram? Vocês já devem estar cansados de tanto eu falar deste jogo aqui no blog não é mesmo? Mas fazer o que se eu gosto tanto né!?. Vou ficando por aqui e aguardo vocês na próxima postagem.

terça-feira, 29 de julho de 2014

As partes mais sensíveis para se fazer uma tatuagem

A tatuagem é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas do mundo. Trata-se de um desenho permanente feito na pele humana que, tecnicamente, é uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas.

Durante muito tempo, quem possuía alguma tatuagem sofria preconceitos, pois as tattoos eram consideradas sinônimos de mal elementos. Hoje em dia este preconceito foi quase totalmente abolido e já é possível ver um número cada vez maior de pessoas que aderiram esta arte ao corpo.

Se você acha as tatuagens lindas e tem vontade de fazê-las, mas tem muito medo da dor que possa sentir, o blog trás uma lista das áreas mais sensíveis do corpo. Claro que a dor sentida não é nada que não seja suportável, mas se você souber que partes são essas, fica mais fácil se preparar psicologicamente ao procedimento.  

Primeiramente vale destacar que, segundo os especialistas, não há um lugar do corpo específico onde se sente mais dor. Existem áreas mais dolorosas e sensíveis por estarem localizadas em proeminências ósseas e também nos tendões,  onde os feixes nervosos são mais superficiais ou onde o tecido gorduroso é mais escasso. Ou seja, o nível de dor pode variar bastante de pessoa para pessoa, afinal cada um consegue suporta-la de maneira diferente. 

Rosto




Neste local é onde passa o nervo trigêmio, que torna a face mais sensível desde a testa até a mandíbula. Algumas pessoas sentem uma dor insuportável ao tatuar perto da boca.


Virilha




Há vários nervos que vão para as áreas genitais e que são extremamente sensíveis. Como a pele por ali também é mais rala, a dor acaba sendo maior.

Tornozelo





A dor é moderada se comparada às outras partes do corpo. Para alguns, o sofrimento é maior porque o tecido gorduroso é mais escasso e a pele fica mais perto do osso, criando um atrito.

Costela




Os ossos são o problema nessa região, principalmente se a pessoa é mais magrinha.


Pernas e braços




Na face interna dos dois membros, a pele é delicada. Com um beliscão já sentimos dor, imagina agulhas furando ali.


Mãos e pés




No dorso dos membros, a pele é mais fina e, por isso, as terminações nervosas ficam mais superficiais e expostas às agulhadas.

A beleza que algumas delas representam fazem com que você supere toda e qualquer tipo de dor. Então meu conselho é, esqueça o sofrimento, escolha uma bem bonita e mãos a obra.


segunda-feira, 28 de julho de 2014

Sobre Tiazinhas, Feiticeiras e outras mais ...

Em meados de Outubro de 1996 estreou nas tardes da Band o programa "H" que era apresentado pelo apresentador que está hoje na Rede Globo, Luciano Huck.

Quando o programa começou a explorar a sensualidade e atiçar o libido dos adolescentes, teve que mudar o seu horário de transmissão para mais tarde, mais especificamente para à noite. Mas isso não foi um empecilho, pois os fãs continuaram acompanhando.

Na época eu era um adolescente que acompanhava muito também por causa das personagens erotizadas que faziam parte dos quadros do programa. E é justamente sobre essas personagens que irei falar agora. 


Tiazinha 



Ela foi a primeira, foi um dos trunfos do programa e apareceu pela primeira vez no ano de 1998. A personagem “Tiazinha” era vivida pela bailarina e atriz Suzana Alves. Com a intenção de unir o sensual e o cômico, ela era chamada ao palco para depilar os homens da plateia. Com um figurino minúsculo, que mostrava todos os seus (lindos) atributos físicos, a máscara e o chicote completava a vestimenta, fazendo referência a Mulher-Gato, vilã da série Batman misturando com um tipo meio masoquismo de ser.  A participação de Tiazinha foi um fenômeno de audiência na época, fazendo o ibope subir (não só o ibope) e junto com o sucesso veio as críticas. O quadro foi considerado “baixo e apelativo”, e essa pressão fez com que a Band empurrasse o “H” para as noites da emissora, ocupando a faixa das 20h30 da noite. A Tiazinha fez muito sucesso aparecendo em uma música do cantor Vinny: "Uh Tiazinha!", foi capa da Playboy e teve até mesmo um programa próprio chamado de "As aventuras de Tiazinha". 




__________________________________________________________________________________________


Feiticeira 



Em janeiro de 1999, o “H” continuou investindo nos símbolos sexuais e trouxe mais uma mulher gostosa para o imaginário masculino. A morenaça Tiazinha agora dividia atenções com a loira Feiticeira, vivida pela (na época) modelo Joana Prado. Vestida como uma odalisca, ela tinha a função de “mimar” os garotões que participavam de pequenas competições se saíssem vencedores. O prêmio era um momento com a Feiticeira, que ia desde uma dança sensual até acariciar seus pés ou a nuca, servir cachos de uvas com os dedinhos até longas massagens ou selinhos na boca aplicadas pela moça.



__________________________________________________________________________________________


Índia Aigo 



O apresentador Luciano Huck já não fazia mais parte do programa e fora substituído por Otaviano Costa e para não deixar a peteca cair, Otaviano manteve o mesmo formato da atração. Então, no verão do ano 2000 entrou em cena a escultural morena Shirley Cristina Rocha com intuito de ser a sucessora da Feiticeira e da Tiazinha. No papel da índia Aigo, atração do programa O+, a indígena elevava a audiência de 3 para 7 pontos. Aigo devia parte de seu sucesso a um par de belíssimos atributos: era a única que fazia topless no ar. Na exuberância de seus 23 anos, a moça apresentava-se vestida somente de tanga e penas. Era 1,75 metro, 58 quilos e 83 centímetros de busto e de muita sensualidade. Devido a desentendimentos internos, a índia ficou no ar somente por dois meses. 



__________________________________________________________________________________________


Internética 



Ainda em 2000, o programa apostou suas fichas na personagem interpretada pela modelo paulista Marina Filizolla, que na época tinha 19 anos. Ela era filmada de vários ângulos dentro de uma redoma de vidro montada no pátio da emissora. Ela era observada em momentos de “descontração”: praticando malabarismo, navegando na internet ou simulando o sono. O êxtase ocorria quando Marina trocava algumas peças de seu figurino ou ia até o banheiro tomar uma ducha. Pena que o box ficava completamente embaçado e não dava para ver nada, somente os traços da morena, deixando o restante para a imaginação. Quando a menina que morava na "bolha" entrava no ar, o ibope do programa dobrava. Não que fosse lá muito alto (três a seis pontos, no máximo), mas na época era rentável para a emissora. 


A televisão brasileira passava por uma época que a sensualidade era sinônimo de ibope, visto também que era nessa época que o grupo É o Tchan vivia indo a todos os programas possíveis. Era época também da banheira do Gugu e todos quiseram aproveitar a bundalização na tv e com a Band não foi diferente. 

Fico por aqui e se lembrar de mais alguma coisa das antigas postarei pra vocês, abraços e não esqueçam de comentar. 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Veja o significado de alguns gestos em várias partes do mundo



O interessante é ver como um gesto simples pode mudar drasticamente de uma cultura para outra. A Grécia demonstra ser um dos países no qual a cultura gestual é a mais diferente da nossa.



terça-feira, 22 de julho de 2014

Dunga Óguem (Again)

Por Vinicius Rodrigues 

Gaúchos são estrangeiros. Não precisamos do Guardiola. Muito menos dos argentinos.

Não sei quem é mais burro: O Dunga por pegar uma bomba dessas e não assumir que não está preparado, ou pior ainda, acreditar estar preparado. Ou a CBF por ter feito a proposta.

Observe a seguinte imagem:


Ela representa a evolução do homem, e o primeiro da esquerda para a direita é o Dunga. Se há algo que o Dunga não irá trazer para a seleção é reformulação, por mais que ele consiga desenvolver um bom e até vitorioso trabalho coisa que devido às circunstâncias eu não acredito que aconteça.

Segundo uma reportagem do Espetacular do último domingo, Dunga já tinha um acordo verbal para treinar a seleção venezuelana. Se isso for verdade, realmente ele é burro. Mais burro do que já aparentava.

A rejeição de toda a mídia esportiva sofrida por Dunga não são frutos de um histórico negativo. Mas sim porque ninguém acredita que ele seja um revolucionário. E somados ao mau relacionamento dele com a imprensa, gera este resultado.

Após sua apresentação oficial e entrevista coletiva, ele mostra ter mudado pouco. Não sei se o que ele diz ter feito e chama de estudo/atualização/aprendizado nos últimos anos realmente existiu e/ou se será o bastante, mas depois de ter (não com essas exatas palavras) dito que a seleção alemã  A C H O U  uma boa “safra” de jogadores talentosos, desmerecendo todo o trabalho/projeto/planejamento deles, é a prova de que a torcida vai continuar a gritar “Dunga burro”.


  • Vocês devem ter reconhecido a forma peculiar de se expressar em forma de palavras, se não, reparem que quem assina o texto é Vinicius Rodrigues. Ele mesmo que por muitos anos fez parte da equipe do blog Fala-ê. Todo pássaro é livre para voar e você pode acompanhar esse e seus novos trabalhos clicando no link >>>> http://retranqueiro.tumblr.com/

segunda-feira, 21 de julho de 2014

As personagens mais feias dos desenhos animados

Que cada um tem seu gosto isso eu sei e estou cansado de saber, mas vira e mexe aparece uma personagem nos desenhos animados que, em linguagem mais educada, está desprovida de beleza.

Sabe aquela personagem que é totalmente o contrário das gatas que vocês estão acostumados a ver nos desenhos, principalmente nos japoneses? Sabe aquela personagem que você olha e já imagina que nem Freddy Kruguer quer ter pesadelos com ela? Pois então, é dessas personagens que eu estou falando.

Geralmente estas personagens são vilãs ou bruxas, algo do tipo se você for feio, você vai fazer algum mal para a sociedade ( kkk). 

Apesar de não concordar com os padrões de beleza que a sociedade nos impõe, resolvi fazer esta postagem buscando algo divertido e sem ofender ninguém. Acompanhe:



10 - Megan Griffin - Family Guy 



No desenho, Meg é uma garota com problemas de personalidade, é considerada feia (dependendo do ponto de vista), gorda e baixinha, além de, muitas vezes, outras pessoas pensarem que ela é um garoto. Para mim é apenas uma adolescente mal vestida. 


9 - Lady Diabolyn - Cavalo de Fogo 


Tia da protagonista da trama, é muito invejosa e tem essa cara feia. Suas sobrancelhas finas e ar arrogante ajudaram ela a entrar na lista e ficar na oitavo posição. Que diacho é isso na cabeça dela?


8 - Meany Ranheta - Pica-Pau 



Suas principais características são o nariz comprido e sua personalidade ranzinza. No desenho já teve várias profissões como exploradora, dona de restaurante, enfermeira, dona de pensão, vaqueira, observadora de pássaros e até professora.
Meany Ranheta é uma personagem esclerosada e parece sempre estar de TPM e acho que se ela fosse retratada para a vida real, ela teria até bigode.
É uma personagem muito estranha e magrela, lembrando a Olívia Palito. Talvez o fato de não ter namorado explique as atitudes dela, mas com a pouca beleza que tem, um namorado será difícil de arranjar. 


7- Bruxa do Pica-Pau 




A bruxinha perde sua vassoura em um episódio do desenho Pica-Pau. Não é muito má, mas é bem feiosa e tem uma voz esganiçada. Para fazer sua vassoura mágica voar, ela grita: "E lá vamos nós..." 


6 - Bruxa do Pernalonga 




Só é considerado bruxa se for bem feia e com esta personagem não é diferente. Parece que ter nariz grande é sinônimo de feiura e esta bruxa por sua vez, também é da cor verde. 

5 - Crazy Cat Lady - Os Simpsons



Seu verdadeiro nome é Eleanor Abernathy, mas devido aos sinais de alcoolismo, seu apego com gatos e seu comportamento louco ficou conhecida como a mulher louca dos gatos. 
A Velha Louca dos gatos é uma mulher com a aparência e comportamento de uma pessoa doente mental estereotipada. Ela está sempre rodeada de gatos, agredindo as pessoas, jogando os animais nelas. Nunca pronuncia uma frase que possa ser integralmente entendida ou que tenha coerência. Evita contatos sociais e se veste de modo que pareça uma mendiga, característica ressaltada pelo estado ruim de seu cabelo.


4 - Cruela Cruel - 101 Dálmatas




Com feições cadavéricas, um jeito louco e obsessivo além de queixo e maçã do rosto enormes, são algumas das coisas que diminui o padrão de beleza de Cruela. Um lado do cabelo branco e o outro preto, acrescentando um nariz de tomada. É importante frisar também que Cruella é vaidosa, egocêntrica e extravagante, sofre de mudanças de humor violentas e é muito egoísta. É feia ou não é minha gente?!!!


3 - Rainha de Copas



A Rainha de Copas é uma personagem que aparece nos capítulos finais do livro Alice no País das Maravilhas. Tem um pavio curtíssimo, é autoritária e responde a qualquer sinal mínimo de desrespeito com a pena de decapitação, pelos quais é famosa. 
A rainha, apesar de ser gorda, pomposa, feia e tirana possui um marido minúsculo em comparação a ela.


2 - Úrsula - A Pequena Sereia




Vixi Maria! Essa poderia estar até mesmo no primeiro lugar. Úrsula poderia assustar alguém só com a feiura, mas sua maldade é insuperável. Metade bruxa metade polvo, ela aparece no desenho "A Pequena Sereia" e além de assustar Ariel, tenta tomar o reino do fundo do mar. Parece a Mamma Bruschetta ( kkk).


1 - Helga G. Pataki - Hey Arnold!




Helga é uma menina loira, usa o cabelo em duas "maria-chiquinhas" desengonçadas e um vestido rosa. Sempre implica com Arnold, mas mantém um amor secreto por ele, bem como um templo em devoção a ele dentro do seu closet. E também é a vilã.
O motivo no qual ela ficou no topo da lista é bem simples, logo que se você é uma bruxa ou uma madrasta má, obviamente você é considerada feia, mas Helga não é nada disso ela é uma menina comum, mas o criador do desenho quis deixa-la muito feia por simples capricho ou falta dele. O primeiro lugar das mais feias vai pra ela.  

É isso minha gente, chegamos ao final da lista. Deixe nos comentários quem você acha que faltou e se vocês concordam com a ordem que ela foi colocada. Basta escrever no espaço abaixo sem a necessidade de confirmação ou autorização. Aproveitem também para curtir nossa fanpage no facebook. Abraços e até a próxima. 



sexta-feira, 18 de julho de 2014

Ensaio sobre a cegueira [da CBF]




Dando continuidade ao Ensaio sobre a cegueira [do futebol], postado recentemente neste mesmo espaço, a CBF mostrou que continua não enxergando, nas trevas. Saramago poderia fazer uma nova edição da obra e mudar o cenário da história, passando pelo prédio da CBF, cujo nome é "José Maria Marin". Gilmar Rinaldi é o próximo personagem a ter contato com Marin e dentro de instantes deverá sofrer com a doença dos cartolas.

Que desastre é essa CBF! Pelo menos até 2019 (quando acaba o mandato de Del Nero), as esperanças se não são zero, são bem próximas disso. Aproveitem os últimos anos em que o Brasil será o único pentacampeão mundial, a Alemanha agradece.

José Maria Marin, anunciou na última quinta-feira, na sede da CBF (que foi batizada por ele com seu próprio nome) o novo coordenador geral de todas as Seleções do Brasil (as de base, principal e feminina): Gilmar Rinaldi.

Muitos que acompanham o futebol apenas assistindo jogos não devem ter conhecimento do nome. Já sabíamos que tudo o que é ruim pode piorar, ainda mais agora, quando um empresário de jogadores é quem assumirá a coordenação das Seleções de base. Alguns jogadores conhecidos que Rinaldi gerenciou a carreira foram: Washington (coração de leão) e Adriano Imperador (esse acabou bem a carreira não?). Atualmente, um dos jogadores de Rinaldi é o meia Danilo, do Corinthians.

Agora coordenador, ele afirmou na sua apresentação que mandou mensagens para seus jogadores de madrugada, avisando que não seria mais agente. Ou seja, o cara era empresário "até ontem", literalmente.

A CBF fez uma coletiva desastrosa, o técnico da Seleção Brasileira sub-20, Alexandre Gallo, passou muito tempo falando, falando... e falando mais. Não dava para entender o que já foi feito, o que está sendo feito e o que ele pretende fazer. Mas se ele falasse mais dois minutos eu acreditaria que é a Alemanha quem faz um mal trabalho na base.

O querido presidente Marin tem a coragem de falar que o trabalho está sendo feito há um ano e seis meses. Quanto tempo! Me parece que o da Alemanha está sendo feito há... 14 anos! Uma jornalista alemã fez o favor de enfatizar isso, e dar um verdadeito "fatality" na mesa onde estavam os dirigentes.

Antes da tragédia terminar, uma pergunta boa: "Rinaldi, você assistiu a Copa como torcedor, o que mais te incomodou no Brasil"? A resposta, PASMEM, foi a seguinte:

- O boné! O que mais me incomodou naquele jogo entre Brasil e Alemanha foi a frase do boné. Deveria estar escrito "força Bernard" e não "força Neymar". Tinha que ser Bernard ou qualquer outro jogador que fosse atuar, temos que dar forçar para quem vai jogar e não para quem vai ficar de fora - essas foram as palavras de Rinaldi.

E ninguém falou de vexame, o novo coordenador, embora seja um empresário que não tenha cometido nenhum desvio ético, se preocupa mais com o boné do que com os 7 a 1 e o baile sofrido. Pode ser um cara gente boa, mas está no cargo errado. No fim das contas, só mudaram as moscas. Rumo ao hexa...



quinta-feira, 17 de julho de 2014

As propagandas comerciais mais vistas durante a Copa

O Google divulgou um ranking dos filmes publicitários com temática de futebol mais vistos no Brasil neste ano de Copa do Mundo. O levantamento analisou a audiência na internet ( You Tube ) dos comerciais publicados e promovidos entre 1º de janeiro e o encerramento do mundial, no dia 13 de julho.

E o comercial mais visto foi dele, o mito dos virais na internet, o rei do inglês, papai Joel Santana e seu  "tálqui show".




Acompanhe agora a lista completa dos 10 comerciais mais visto durante o mundial no Brasil. Lembrando que a lista foi feita pelo google levando em consideração os vídeos mais engajados pelos brasileiros no You Tube.

1º - Joel's Tálqui Show - O Programa do Joel Santana by Head & Shoulders

Começamos com Joel Santana e seu jeitão folclórico que colocou a Head & Shoulders no topo do ranking. Criado pela agência Africa, a propaganda da P&G para promover a marca de xampu Head & Shoulders, teve mais de 19 milhões de visualizações.
Na propaganda, papai Joel entrevista o rei do futebol Pelé e faz uma relação entre os três títulos mundiais do mesmo e a função 3 em 1 do produto ( xampu, condicionador e anticaspa ), tudo isso é claro utilizando o seu famoso inglês fluente.




2º - Itaú - Mostra tua força Brasil

Itaú marca presença com uma música que incentiva a seleção brasileira a mostrar a força de um país. A propaganda, também assinada pela Africa, recebeu mais de 17 milhões de visualizações e contava com a participação dos cantores Paulo Miklos e Fernanda Takaie.




3º - Fiat - Nossa Festa é na Rua - Vem pra festa, vem

Com mais de 13 milhões de visualizações a Fiat mostrou que a festa tinha que ser na rua. Produzido pela agência Leo Burnett, conseguiu alcançar o Brasil inteiro.




4º - Vivo - Me Liga #TAMOCONECTADO

Nesse comercial, a Vivo reuniu os jogadores David Luiz, Hulk e Bernard e seu slogan era: "Existem 3 coisas que os nossos craques adoram: futebol, samba e celular." A adaptação da música "Telegrama" do Exaltasamba era uma das coisas que eu mais gostava na propaganda.





5º - Nike Futebol: Quem Ganha Fica

Este comercial, pra mim foi o melhor já feito pela Nike nos últimos tempos. Reuniu todos os craques do futebol na atualidade ( inclusive Neymar e Cristiano Ronaldo ) que são patrocinados pela empresa, usou de uma criatividade incrível, junto com a escolha certa da trilha sonora. Nesse jogo onde quem ganha fica, todo o toque de bola prova que o futebol pertence àqueles que arriscam tudo, mesmo quando tudo está em jogo.




6º - Visa Copa do Mundo da FIFA "Unidos Pela Rivalidade"

Quando se fala em rivalidade na Copa do Mundo da FIFA, até os ganhadores do prêmio Nobel da Paz não conseguem conter a emoção. Uma outra maneira de a Visa provar que a Copa do Mundo da FIFA é onde todos querem estar.




7º- Vivo - #TAMOCONECTADO - Surpresa em uma Loja Vivo

Esse é muito legal também. Mais uma vez a Vivo quis mostrar que todos estavam conectados então, começou a conexão dos seus clientes com a Seleção de um jeito que eles nunca imaginaram. Simplesmente chamou o próprio técnico brasileiro para conversar com os torcedores. O resultado foi bem espontâneo.




8º - Comercial "Poltrona Maradona" - Bom Negócio, Classificados Grátis

Com a pitada de humor característica do Bom Negócio este vídeo tem como estrela principal, uma poltrona. Mas não uma poltrona comum, uma poltrona com personalidade. O bomnegocio.com definitivamente elimina nosso eterno rival argentino Diego Maradona. "Ai mamita querida!"




9º - Claro apresenta: O craque, por Nelson Rodrigues

A Claro combinou o jogador Neymar e o escritor Nelson Rodrigues que traduziu em palavras a alegria que nosso craque Neymar nos traz. O resultado você pode ver a seguir.




10º  - VISA - Restaurante

A Copa do Mundo da FIFA é onde todos querem estar. Neste comercial da Visa, o ex-jogador Zidane encontra um lugar no mínimo inusitado para assistir a um jogo entre França e Itália.



Então, concordam com a lista? Deixem nos comentários a opinião de vocês. Abraços e até a próxima. 



quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ensaio sobre a cegueira [do futebol]




O VEXAME HISTÓRICO (destacando "vexame" e "histórico", para não dar a mínima aceitação ao discurso de que foi um simples apagão) sofrido na goleada de 7 a 1 para a Alemanha deixou escancarado a necessidade de uma mudança na organização do nosso futebol e da nossa querida CBF. Uma mudança imediata e urgente.

Assim como na obra de Saramago, o que vemos é uma cegueira generalizada que se instalou na CBF, nas federações estaduais e em todos os cartolas do futebol brasileiro. A esperança de uma mudança, como a que ocorreu no futebol alemão a partir da virada do milênio, é praticamente nula.

A cegueira e teimosia da corja de Marin e Teixeira contaminou, aos poucos, todos os cantos do Brasil. A "doença" se instalou uma a uma, nas federações estaduais. Breves lampejos de algo que poderia estar mudando surgiu com o Clube dos 13, mas logo se viu que a organização seria a próxima "infectada".

As finais consecutivas das Copas de 1994, 98 e 2002, a mudança do sistema de disputa do Campeonato Brasileiro e consecutivos títulos de Copa das Confederações, permitiram que clubes, jogadores, torcedores e até a própria imprensa midiática se submetesse aos cegos da CBF.

Um mandato de 23 anos não pode ser considerado qualquer outra coisa a não ser uma ditadura. E foi esse o incrível tempo que Ricardo Teixeira permaneceu comandando, cego, a organização do esporte mais praticado, amado e visto no país. Mas um ciclo chegou ao fim, mas já que não há ninguém que enxergue por aqui, o cargo ficou para outro cego, José Maria Marin, aquele que roubou medalha e que acaba de dar ao novo prédio da CBF, o seu próprio nome (isso mostra um pouco de sua personalidade). 

Mas algo está prestes a mudar. O futebol brasileiro vem recebendo sinais de que está ficando para trás há algum tempo. Fracassos nas últimas Copas, vexame na última Copa América, e derrotas feias em Mundiais de Clubes. A criação do Bom Senso FC é uma boa aposta, embora um dos seus líderes tenha "abandonado" o barco, o movimento ainda segue, agora com apoio de torcedores e parte da imprensa. Estamos prestes a mudar, mas ainda não mudamos nada! E o pior é que parece que vai demorar um pouco.

Ao contrário da obra de Saramago, não parece existir ninguém que enxergue para guiar o futebol. Não temos esperança de alcançar o fair play fincanceiro, uma boa média de públicos e o fim das dívidas dos clubes. Por enquanto, o resultado disso tudo segue sendo o de 7 a 1.



terça-feira, 15 de julho de 2014

Os falsos moralistas e ativistas do facebook

"De todos os tipos de postagem que posso fazer aqui neste blog, a que eu menos gosto de fazer é a que diz respeito a uma opinião sobre algo. Mas não simples opiniões sobre filmes, quadrinhos ou novelas. Eu me refiro a opiniões que diz-ser mais intelectualizadas, geralmente envolvendo política ou situação do país." - Fala-ê




O título por si só já dá uma ideia do que realmente eu quero falar. Tentarei não ser muito radical e estou aberto a opiniões que vocês podem deixar nos comentários. Mas o falso moralismo que está querendo dominar a rede social facebook está de doer.

Eu aguento os meus alunos que, em sua maioria, são crianças dizendo que amam o Justin Bieber e outros ídolos juvenis, eu aguento àquelas pessoas que postam incessantemente frases religiosas, logo que sempre tem alguma que é bacana mesmo quando é em excesso, aguento até mesmo os funkeiros e as periguetes, mas o que esgota meu estoque de paciência são os moralistas ou falsos moralistas que estão querendo tomar conta da internet. Os chamados ativistas do facebook.

Observo atentamente o que as redes sociais vêm fazendo com a cabeça das pessoas. Parece que de uma hora pra outra, todos se tornaram extremamente moralistas ou politicamente corretos. Ao meu ver, algumas pessoas estão com a necessidade de aceitação intelectual. Todo mundo agora quer ser o dono da verdade, com pensamentos políticos e sociais que não condizem com suas condutas.

Uma das primeiras coisas que uma pessoa que se diz "dono da verdade" tem que saber ou aprender a fazer é  falar coisas que saem da sua própria cabeça e não de opiniões formadas no qual leu em uma montagem falsa da internet. 

São pessoas que criticam a opinião das outras pessoas, falam mal e que são as mesmas pessoas que também falam mal da ditadura, mas se esquecem nesse momento que estão exercendo a ditadura sem ao menos se darem conta disso. Liberdade de expressão é algo que não podemos perder.

Fico triste por essas pessoas acharem que estão acima da verdade e fecharem a cabeça para qualquer coisa contrária do que lhes é confortável. São debatedores de opiniões e que ficam esticando discussões até chegarem ao nível da outra pessoa perder a estribeira e mandar um sonoro “VTNC”. Essas pessoas sentem prazer em discutir sobre qualquer assunto para mostrar ou tentar mostrar que são pessoas intelectualizadas. 

Eu nunca fui à favor de qualquer tipo de bloqueio nas redes sociais, pois não deixa de ser também uma forma de censura, mas também não sou obrigado a tolerar certos tipos de pessoas. Ao me deparar com alguém assim eu simplesmente, de uns dias pra cá, adotei a medida de não ver mais os feeds delas. 

Mantenho amizade com as pessoas, estou com o chat disponível para qualquer momento que quiserem conversar, mas da mesma forma que seleciono o que quero ler em um jornal, assistir na televisão ou acessar em portais da internet, eu também tenho o direito de escolher o que eu quero ver nos meus feeds no facebook. Discutir com os falsos moralistas do facebook é perca de tempo.

Tomei essa medida porque eu sei que os ativista, os revolucionários completos, que geralmente nem tem embasamento do que falam e que comentam sobre política, meio ambiente ou manifestações, na prática nunca estão lá de verdade e nem vão fazer nada à respeito. 

Reclamam do seu trabalho, mas não estudam e nem tomam uma atitude para mudar de emprego, pois não tem coragem. São os "salvadores da pátria", os palpiteiros de plantão do senso comum que se  dizem "sábios" e que sempre tem um conselho para mudar os rumos da nação, mas se candidatar e fazer a diferença que é bom, nada.

Bom, já é madrugada quando terminei de escrever este texto e espero que as ideias não tenham sido muito confusas. Obrigado àqueles que chegaram até o final deste artigo e se quiserem podem deixar suas opiniões que eu prometo que não haverá discussão aqui, pois também acredito que muitas outras pessoas compartilham da mesma opinião que eu tenho. Abraços e até a próxima postagem.





segunda-feira, 14 de julho de 2014

O que aprendemos com a Copa do Mundo no Brasil?




A Copa do Mundo no Brasil teve seu final realizada na data de ontem dia 13 de Julho sendo decretada, após a vitória de 1 a 0 sobre a Argentina, a seleção Alemã Tetra Campeã. Como em tudo na vida, temos que procurar retirar algumas aprendizagens o blog listará ensinamentos que esta copa realizada em nosso país nos deixou. 

Usaremos como referência uma publicação do jornal inglês  Daily Mail que abordava o mesmo assunto. 

1 - O Brasil já não apresenta mais o melhor futebol


A diferença de qualidade entre o futebol apresentado pela seleção brasileira comparada ao que apresentou outras seleções, demonstrou ser muito grande. A humilhação diante da Alemanha foi a pedra final sobre a realidade atual do futebol brasileiro. Não é de hoje que a seleção não consegue superar tecnicamente equipes como Chile e Colômbia, vizinhos, sem tradição, sem jogadores tão bons, mas com coletivo muito melhor. Pra completar, nosso futebol vem passando um período de escassez de craques. O sentimento é o de que o Brasil não é mais o país de futebol, e agora precisa se reciclar para voltar ao topo do mundo.

2 - Disputa entre seleções ainda tem seu charme


Muitos dizem que preferem assistir ao futebol do seu clube de coração e os campeonatos que o mesmo disputa, eu mesmo era um desses, porém essa Copa do Mundo nos mostrou que por melhor que sejam os campeonatos nacionais pelo mundo, a recepção e carinho da torcida para seleções como Argélia, Costa Rica ou as que tem menor expressão, mostram que seleções também  têm o poder de criar uma comoção tão grande entre as pessoas. 

3 - Só camisa não ganha mais jogo 


Em 2014 seleções como Espanha, Itália e Inglaterra, caíram na primeira fase. Três campeãs mundiais não conseguiram impor camisa sobre trabalho. A Costa Rica foi o exemplo de que, sem tradição alguma, é possível derrubar gigantes.

4 - Precisa ter vontade, mas só isso não basta



Deve haver um equilíbrio entre a paixão, a vontade, a tática e o emocional. A seleção do Uruguai demonstrou a paixão e a vontade de Soarez, a seleção da Costa Rica foi bem taticamente e o lado emocional da seleção brasileira estava abalado. A seleção Alemã equilibrou tudo isso e venceu o torneio. 

5 - O futebol ofensivo voltou e mostrou o caminho



O ímpeto no ataque de seleções como Chile e Colômbia encantou o mundo e deve conquistar mais admiradores daqui em diante. A seleção Alemã que foi a campeã, foi um time que adorava a posse de bola e que jogava para fazer gols, tanto que fez 7 só contra o Brasil. A Holanda também demonstrou muita ofensividade em uma equipe que procurava a todo instante Arjen Robben. 

6 - O futebol não é somente Europa


A fama e prestígio das ligas europeias fazem parecer que o futebol só se resumem a eles. Porém essa copa demonstrou o contrário, onde vimos muitas seleções europeias não tendo bons desempenhos, como foi o caso de Espanha, Itália e Inglaterra e seleções de outras partes do mundo como Costa Rica, Argélia ou Colômbia foram seleções que demonstraram alguns dos posicionamentos táticos mais interessantes. 

7 - Centroavante ainda é realmente necessário?


A Alemanha, que um dia teve Oliver Bierhoff como craque – um centroavante dos menos técnicos das Copas –, agora venceu a Copa ao abdicar da referência dentro da área. Mario Götze entrou como falso 9, em substituição que tirou Miroslav Klose de campo. O jovem, fora da área, foi responsável pelo título no Maracanã. A alternativa do técnico Joachim Löw segue o básico de Pep Guardiola, técnico do Bayern de Munique e determinante influência sobre a Alemanha. Desde que o Barcelona, com Lionel Messi, passou a jogar sem centroavante, diversas equipes do planeta adotaram a medida.
Vale destacar também que camisas 9 como Fred, Higuain, Van Persie entre outros, não tiveram desempenhos de encher os olhos, sendo substituídos muitas vezes. 

8 - Planejamento 


Não há mais sorte ou imprevisibilidade capaz de superar o planejamento. Essa Alemanha começou a ser preparada há 14 anos, em 2000, após o fracasso do time nacional na Eurocopa daquele ano. O episódio se tornou marco para uma revolução no futebol alemão, e até o governo do país atuou nas mudanças. Clubes de primeira e segunda divisão foram obrigados a implementar categorias de base em programa de estruturação do futebol nacional. Quem trabalha bem recebe mais incentivo. O resultado apareceu em campo, onde a Alemanha resgatou o belo futebol da sua era dourada, produziu ótimos jogadores e uma seleção de dar orgulho e o resultado é o título de 2014.



Espero realmente que, após esta copa de 2014 o mundo possa ser influenciado positivamente e o futebol, principalmente do Brasil possa aproveitar o que deu certo e excluir o que deu errado. 

Vários criticaram, mas esta copa deixou alguns legados, principalmente para o futebol. 


domingo, 13 de julho de 2014

Und der Pokal geht an ... ( E a Copa vai para ...)


Parabéns Alemanha Tetra Campeã Mundial. 

Mário Götze sai do banco e faz o único gol do tetracampeonato alemão, para delírio de torcedores brasileiros e frustração dos argentinos no Rio.

Se o Campeão não foi o Brasil, também não foi a Argentina e o título ficou em boas mãos. 

Vitória da organização.





sexta-feira, 11 de julho de 2014

5 coisas que deixam os homens mais atraentes segundo a Ciência

Se você é homem e anda passando por uma fase difícil e não consegue ter um bom desempenho referente as suas investidas ao sexo oposto, fique sabendo que a ciência pode ter a sua solução.

Como serviço de utilidade pública, o blog trás para vocês 5 dados comprovados pela ciência que pode torná-lo mais atraente para as mulheres. Não perca tempo e termine de ler está postagem, pois quem sabe isso pode acabar de vez com a sua "friendzone". 

1 - Roupas vermelhas 




Não quero deixar você surpreso, mas as mulheres se sentem mais atraídas por homens que vestem roupas vermelhas. Isto é devido ao fato de que essa cor é percebida pelas mulheres como simbolo de poder e a razão disso pode ser tanto cultural quanto biológica. 
Culturalmente falando, o vermelho está relacionada as roupas utilizadas pelas pessoas ricas e poderosas em várias partes do mundo e está associada a ideia de prosperidade e status $$$. Já pelo lado biológico, em vários primatas como os babuínos o vermelho é um indicador presente nos machos alfa para sinalizar dominação. Por tanto, separe no seu guarda-roupa suas melhores camisetas vermelhas.  

2 - Não faça a barba todos os dias




Depois de mostrar fotos de rapazes com barbas em vários estágios de crescimento, pesquisadores descobriram que as mulheres se sentem mais atraídas por homens que deixam a barba por mais ou menos dez dias sem fazer. Já os que tinham apenas uma penugem foram os que menos agradaram, isso porque o comprimento da barba pode estar relacionado com a percepção que ela tem sobre maturidade e masculinidade. 
Atenção para a dica importante, cuidado com os exageros, pois os mais barbudos obtiveram o maior índice de rejeição. 

3 - Sorria pouco 




Os cientistas explicaram que as mulheres se sentem mais atraídas por homens que pouco sorriem ou que tem o semblante mais sério. As mulheres descreveram os rapazes mais sorridentes como sendo mais femininos e menos dominantes. Ou seja, não ria muito pra garota não te achar um palhaço. 

4 - Cultive algum músculo





Se você chegou bem até aqui acreditando ser fácil seguir as 3 primeiras dicas, essa quarta pode desanimá-lo um pouco. Isso se você for magrelo como eu. 
Sem querer desmotivá-lo, pesquisas indicaram que as mulheres gostam de homens moderadamente musculosos, isso porque elas relacionam inconscientemente a presença de músculos mais desenvolvidos como boa qualidade genética de candidatos a companheiros . Mas preste atenção para você não cultivar muitos músculos na academia, pois também as moças não gostam de exageros. 

5 - Leve odor de suor





Calma, não se assustem. Não estou dizendo pra você sair fedido na rua. Um estudo comprovou que um componente químico presente no suor dos homens e que é derivado da testosterona e chamado androstenediona é capaz de alterar os níveis hormonais das mulheres apenas através do olfato. Esse odor age melhorando o humor e tornando as moças mais sexualmente receptivas. Mas repito que isso não quer dizer que elas não gostem de rapazes cheirosos e bem perfumados.

Depois dessas dicas o seu sucesso está praticamente garantido. O resto é com você. Abraços e até a próxima postagem.