sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A religião do século XXI: O Santo Narcisismo



Em tempos de turbulência religiosa no mundo inteiro, onde crenças e conceitos se multiplicam, divergem, se dividem e misturam o tempo todo, é estranho notar que muitas pessoas ao redor do globo, e grande parte devesse dizer, seguem um mesmo tipo de culto, elevam uma nova religião, superando até mesmo os antigos profetas no grau de propagação. Não que estes percebam, lógico.

Estes são os narcisista, que antes de adorar qualquer divindade, amam muito mais a própria imagem, o própria corpo, as próprias ideias, e diferente dos devotos de outras crenças, tão nem ai pro início do universo (acreditam ser o centro dele, então foda-se o inicio, deve ter começado junto com o mesmos de qualquer forma e vai acabar assim também), pro sentido da vida (Um narcisista mais elevado na verdade teria um resposta simples a isso: "Eu sou o sentido"), ou a velha questão macaco/ser humano (isso nem chegaria a ser cogitado, o narcisista se julga muito mais bonito que o macaquinho).

Para este ser simples e fútil as complicações do mundo não são muito importantes. Mais importante é cuidar do corpo (de acordo com o padrão do momento, claro), se manter na moda, deixar o rostinho igual a de uma celebridade (celebridades, são aliás como os sacerdotes dessa estranha religião). E todos os problemas poderia ser resolvidos de uma forma bem simples: "Ame a si mesmo acima de tudo, ou me ame, eu sou melhor!". Terroristas usando cremes ao invés de fuzis, realmente soa melhor.

A tecnologia os ajuda muito, vale a pena ressaltar. Nos cultos narcisistas, um dos rituais mais proliferados e conhecido como "selfie", que consiste em tirar fotos de si mesmo com uma câmera voltada ao rosto e para postar nas redes sociais. Um crente fervoroso é capaz de tirar dezenas por dia, por prazer próprio, para depois publicá-las (o que lhe da mais alegria ainda). Recentemente, a pratica ficou ainda mais elaborada. Agora usam um instrumento chamado "pau de selfie", com o qual poderia tirar fotografias mais amplas de si mesmos, para então poder mostrar o corpo inteiro, ou com pessoas ao redor (e ser centro das atenções). Ou, ainda mais, registrar a paisagem ao redor... demonstrando quanto esta fica mais rica com sua presença ali.

Sua sorte seria então que é impossível se afogar na tela de um smartphone ou computador, como aconteceu com seu antecessor, o menino Narciso. Não que tenham aprendido com a historia grega, mas enfim. Os narcisistas e seus estranhos cultos a própria personalidade (ou a falta dela) não se escondem do mundo, e estão por ai a fora, sendo felizes (ou algo que acham significar felicidade); sua sorte seria então que é impossível se afogar na tela de um smartphone ou computador, como aconteceu com seu antecessor e progenitor, o menino Narciso. Não que tenham aprendido com a história grega, mas o final da história normalmente é ignorado.

(Dados oficiais inventados: O narcisismo cresce mais que as outras religiões, apesar de não ter o conceito de vida eterna, já que os narcisistas não acreditam na morte e no envelhecimento; um narcisista pode acabar por ter dores no pescoço depois de certo tempo, por virar a cabeça sempre que esta andando em frente a um carro, para ver o próprio reflexo; dos lugares onde normalmente os narcisistas se reúnem para seus cultos, se destacam as academias e shoppings; a cada cinco religiosos, dois são na verdade adeptos ao narcisismo, mas não admitem nem ferrando).



quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Mortal Kombat X Stream Kast - Ao Vivo


Watch live video from NetherRealm on Twitch O tão esperado jogo Mortal Kombat X tem seu lançamento confirmado apenas para o mês de Abril. Mas para você que , assim como eu que é fã da franquia, estamos disponibilizando uma stream ao vivo para você ir conhecendo um pouco mais da jogabilidade do game.

O Game Play está em inglês, mas vale curtir os movimentos e conhecer em primeira mão alguns dos novos personagens da franquia. 


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Os 10 melhores consoles de videogame de todos os tempos

Sim, nós sabemos! Fazer um post escolhendo alguma coisa e considerar como sendo a melhor de todos os tempos gera muitas controvérsias e é quase certeza de que você não vai concordar com a lista. Mas, mesmo assim, você ainda está aqui para ver a que conclusões chegamos, não é mesmo?

Como a última geração de videogames já se consolidou em praticamente todos os televisores, sentimos que era a hora e o momento apropriado para relembrarmos o que já foi sucesso. 

Para não causar muita briga, fizemos nossa lista e não colocamos em ordem de preferência, mas sim em ordem cronológica de lançamento. Vale destacar que, para organizar esta seleção, nos baseamos nas suas realizações técnicas e sua importância para a indústria dos jogos. 

Podem ficar à vontade para discordar nos comentários abaixo. 


MAGNAVOX ODYSSEY





Ano de lançamento:  1972

Unidades vendidas:  350.000

Jogos notáveis:  Ténis de mesa, Shooting Gallery, Interplanetary Voyage

O avô de todos os consoles de videogame, o Magnavox Odyssey foi onde tudo começou quando se fala em games caseiros. Embora o potencial dos jogos em vídeo já havia sido demonstrado uma vasta de vezes nos PCs desde os anos 1950, foi o Odyssey que trouxe a experiência para as salas de estar das pessoas. Ele merece um lugar na nossa lista, uma vez que foi a primeira máquina que permitiu que dois amigos pudessem se sentar lado a lado e jogar em uma ligação obtendo uma experiência pixelizada. Ele ainda contou com a primeira "arminha", começando a obsessão por jogos de tiro. 


ATARI VCS / 2600


Ano de lançamento:  1977

Unidades vendidas:  30 milhões

Jogo Best-seller:   Pac-Man  (7 milhões)

Se o Odyssey iniciou o movimento de consoles domésticos, o Atari VCS popularizou a experiência. Ele foi um dos primeiros consoles para rodar jogos em cartuchos. Sucessos de Arcade como  Space Invaders  e  Pac-Man  abriu as portas para que o console ganhasse e transformasse a indústria de videogames que passou de uma simples moda passageira para de uma só vez transformar-se em uma indústria de bilhões de dólares (Atari arrecadou mais de US $ 2 bilhões em 1980).


SEGA GENESIS / MEGA DRIVE




Ano de lançamento:  1988

Unidades vendidas:  40 milhões

Jogo Best-seller:  Sonic the Hedgehog  (15 milhões)

O Mega Drive (conhecido como o Genesis nos EUA) é o sistema mais bem sucedido da Sega já lançado, mas a razão não é devido à sua capacidade técnica ou sucesso comercial. O Mega Drive foi importante na medida em que foi o primeiro console a cortejar ativamente um mercado voltado para os adultos. Sim, houve títulos direcionados para os adultos antes do Mega Drive, mas o console de 16 bits da Sega olhou com bons olhos para uma coleção de títulos maduros e encharcados de sangue, como  Mortal Kombat  e  Night Trap,  e simuladores de esportes graficamente superiores, como  NHL 94,  Sensible Soccer  e  John Madden Football '92 . Títulos como  o Sonic ainda deu uma nova vantagem para o gênero de plataforma. O Mega Drive provou que os jogos não eram apenas para as crianças. 


SUPER NINTENDO ENTERTAINMENT SYSTEM (SNES)




Ano de lançamento:  1990

Unidades vendidas:  49 milhões

Jogo Best-seller: Super Mario World  (20 milhões)

Não, nós não incluímos o NES. Sim, ele foi fundamental para a reconstrução da indústria após o acidente dos jogos do final dos anos 70, sim, ele trouxe cor para o jogo -, mas foi o SNES que aperfeiçoou tudo que o NES propôs a fazer, tornando-se por falta de uma palavra melhor, "Super". Foi o sistema que viu os jogos passarem de algo simples, para um mundo mais complexo, com jogos como  The Legend of Zelda: A Link to the Past  e  Chrono Trigger. Sim, o NES era importante, mas o volume de títulos lendários do SNES, foi impressionante ( Star Fox, Mario Kart, Mega Man ​​X, Super Metroid, Final Fantasy IV, Donkey Kong Country ) com isso tornou o console como sendo um dos melhores videogame de todos os tempos. 


PLAYSTATION




Ano de lançamento:  1994

Unidades vendidas:  102.500.000

Jogo Best-seller:  Gran Turismo  (10.850.000)

O alvorecer da era Sony não começou com um estrondo ou um gemido, mas sim com um zumbido glorioso. A briga cabeça-a-cabeça com o Sega Saturn CD  foi curta: A Sega finalmente admitiu a derrota em 1998, depois de perder para o PlayStation no mercado mais importante dos Estados Unidos. Cada aspecto do PlayStation foi um triunfo, a partir da melhoria contínua do seu projeto com o controlador e com a qualidade de seus gráficos em 3D. Foi o primeiro console que alcançou a marca de 100 milhões em vendas.


SEGA DREAMCAST





Ano de lançamento:  1998

Unidades vendidas:  10 milhões

Jogo Best-seller:  Sonic Adventure  (2,5 milhões)

Mau tempo, a competição acirrada, jogos pobres e etc - há uma abundância de desculpas para justificar os motivos da Sega ter falhado. O lançamento muito à frente de seus rivais (pois chegou dois anos antes do PlayStation 2, e três à frente do Xbox e do GameCube), não foram suficientes para mantê-lo vivo. Então por que incluímos ele nesta lista dos melhores consoles de todos os tempos? Porque foi o primeiro a demonstrar com sucesso o potencial dos jogos online na sala de estar. Foi uma aposta que não compensou, mas foi diferente e muito corajosa.


PLAYSTATION 2




Ano de lançamento:  2000

Unidades vendidas:  155 milhões

Jogo Best-seller:  Grand Theft Auto: San Andreas

Esqueça a conectividade online, esqueça os truques de entretenimento. O PlayStation 2 teve esses dois, mas a razão no qual este console da Sony merece um lugar em qualquer lista são os números impressionantes indicados acima. A popularidade deste console garantiu que os jogos continuassem a ser um mercado lucrativo, capaz de ver estúdios ganharem mais dinheiro do que a indústria do cinema. Enquanto os consoles rivais estabeleceram novos legados técnicos, o PS2 produziu títulos mais clássicos do que qualquer outra máquina na nossa lista. Com certeza, este foi o console no qual você desperdiçou a maior parte da sua juventude jogando. 


XBOX 360




Ano de lançamento:  2005

Unidades vendidas:  84 milhões

Jogo Best-seller: Kinect Adventures  (18 milhões)

O PlayStation 2 da Sony constrangeu o Xbox 360. Se esta fosse uma lista com base em números, o PS2 seria o topo tranquilamente, superando sistema rival da Microsoft quase dois-para-um. Mas onde a Sony entregou mais do mesmo, a Microsoft arriscou tudo ao colocar plataformas online no coração do se console - e funcionou. Sendo um computador disfarçado, a 360 defendeu a distribuição de mídia digital agora-padrão e a experiência multiplayer online. Mesmo a adição sutil de um sistema de prêmios ( conquistas ) deu nova vida aos títulos, dando aos jogadores um novo incentivo para voltar a reproduzir aquele jogo que já havia sido finalizado. Vale destacar que o Kinect ainda é o mais vendido "dispositivo eletrônico" da história. 


NINTENDO WII




Ano de lançamento:  2006

Unidades vendidas:  101 milhões

Jogo Best-seller: Wii Sports 

Se Xbox 360, da Microsoft foi influente na definição do futuro em linha de consoles, o Wii da Nintendo foi igualmente importante para provar que o jogo não tem que ser somente sobre armas e músculos. Não tendo conseguido vender mais que a concorrência com o seu N64 e Gamecube, a Nintendo voltou à prancheta de desenho para a sua entrada nos consoles de "sétima geração". Enquanto a Microsoft e a Sony olhoram para atrair os jogadores com seus gráficos brilhantes, a Nintendo foi atrás da multidão "casual" - e funcionou. O Wii é um dos melhores consolas de jogos já feitos, simplesmente porque ele conseguiu reunir jovens e velhos igualmente em torno de uma TV para simplesmente baterem em bolas de golfe. 


NINTENDO 3DS 




Ano de lançamento:  2011

Unidades vendidos:  45 milhões

Jogo Best-seller:  Pokémon X e Y  (12 milhões)

Vocês se lembram dos argumentos no qual usamos indicando os motivos porque o SNES era melhor do que o NES? Bom - é o mesmo que estamos usando para dizer que 3DS é melhor do que o DS e o Game Boy original. Com serviços de jogos e de streaming on-line podemos dizer que o 3DS é portátil mais completo da história dos consoles. 



sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Um traficante brasileiro morto do outro lado do mundo, vale tanto barulho?




Há menos que estivesse passando férias em Nárnia, qualquer pessoa que viva por aqui nessas terras verdes e amarelas meio acinzentadas ouviu sobre o causo do traficante  brasileiro morto lá na Indonésia. Grande discussão gerado pelo acontecido, a respeito da pena de morte, o direito a vida, o tráfico, relações internacionais e etc, etc. O barulho foi tão grande, que até nossa recém reeleita Presidenta teve tempo pra se manifestar sobre o assunto. Pediu clemência ao pobre vendedor de entorpecentes, mas este foi fuzilado de uma forma ou de outra, com o governo Indonésio dando de ombros ao clamor aqui gerado.

Clamor esse, sem razão.

O homem era um traficantes entrando em um país conhecido por tratar esse crime com pena de morte. Fato que não era desconhecido. Ainda assim, esse cidadão entrou naquelas terras com drogas. Foi julgado, e considerado culpado, a onze anos. A indonésia prega uma politica muito forte sobre isso, uma medida que não veio da noite para o dia, e nem poderia ser revogado pelo simples pedido vindo daqui, dias antes da execução.

Deve-se lembrar que se trata de uma outra cultura, outras influências, um país com uma estrutura social e momento de desenvolvimento completamente diferentes do nosso. Pena de morte é uma atitude muito pesada? É justa? Deveriam ter cedido ao apelo brasileiro? 

As respostas a essas perguntas surgiram de todos os lados. Mas, se sim ou se não, na minha humilde e pretensiosa opinião, isso não importa.

Pode soar como repetição, mas a Indonésia vive um outro momento, onde independente da nacionalidade do sujeito, ele sofre essa punição. Vale ressaltar, que quando um individuo comete um crime em outro pais, paga com as leis lá vigentes. E na Indonésia, quem tenta vender drogas lá morre. Meu objetivo não é defender ou não a pena de morte, ou dizer se Marco Archer deveria ter morrido ou não, mas me atrevo dizer que se trata de um caso simples de ação e reação.

Entretanto, toda "indignação" de nossa governante, e a ideia de tratar o homem como um "herói nacional", me assusta. Brasileiro chamando traficante de "Herói", em um país onde todos os dias centenas de jovens perdem a vida para as drogas, soa no mínimo como uma piada de muito mal gosto. E a Vossa Excelência Dillma ressaltando tanto a "perca" que ele supostamente representa, é meio confuso. Existem sim, heróis brasileiro espalhados pelo mundo, que perdem a vida ou subsistem na miséria, mas estes não quebraram nenhuma lei, somente não tiveram uma que os atendesse. São por estes sim, que nossa querida governante deveria se manifestar.


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Chegou o WhatsApp Web: Descubra como usá-lo no seu computador




Com essa nova função, você poderá utilizar o mensageiro mais famoso no navegador do seu computador. A novidade, lançada na última quarta-feira (21), permite espelhar os contatos e conversas no navegador Google Chrome para enviar e receber mensagens usando o PC.

Nessa versão para web, o navegador simplesmente reflete suas conversas e mensagens conforme estão no seu aparelho de telefone -- ou seja, todas as suas mensagens ainda permanecem originalmente salvas no seu telefone.

Se o seu telefone estiver com a versão 2.11.498 do aplicativo, a opção WhatsApp Web irá aparecer nas suas configurações, então bastará você clicar na opção e depois abrir a página  https://web.whatsapp.com no seu navegador Google Chrome, que será possível ver um código QR como na imagem abaixo. 




Simplesmente escaneie o código usando o WhatsApp e você estará conectado. Sem mistério. Pelo aparelho celular é bem simples fazer, bastando seguir os passos que são pedidos.

Mas atenção, o aplicativo do seu telefone precisa estar conectado à internet para que o seu WhatsApp Web funcione.

A vantagem é de você não precisar ficar com o celular em mãos o tempo todo enquanto faz outra coisa na web.

Por enquanto essa função não é permitida para usuários de IOS devido as limitações da plataforma da Apple.


Um mashup de 80 clássicos do Hip Hop em 4 minutos

"Um mashup é uma canção ou composição criada a partir da mistura de duas ou mais canções pré-existentes, normalmente pela transposição do vocal de uma canção em cima do instrumental de outra, de forma a se combinarem."




É difícil de acreditar, mas o Hip Hop já tem mais de 40 anos de idade. No entanto, apesar da sua idade, os fãs adoram e ainda agem como se ele fosse um jovem. A combinação do que tem de melhor nisso, levou a criação deste fantástico vídeo intitulado META HIP HOP.

É muito simples: mais de 80 clássicos espremidos em quatro minutos sobre uma batida insistente. Assista abaixo e relembre uma série de grandes músicas que talvez você já tivesse esquecido.

Você pode baixar a faixa, visitando a página Soundcloud.

Preparem-se para agitar.






quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Os 10 mais surpreendentes filmes de super-herois

Muitos adoram histórias em quadrinhos e muitos outros amam quando essas histórias vão parar nas telas dos cinemas e, as melhores adaptações de filmes, são sempre um tema bem divertido para se debater. 

Usando como base uma lista feita através de uma votação para o site moviespoon.com que apresentaremos os 10 mais surpreendentes filmes já feitos do gênero. Acompanhem:

10 - 300 ( 2007 )



300 é uma história de fantasia adaptada da série de quadrinhos de mesmo nome por Frank Miler e Lyn Varley. 
A história centra-se na batalha de Thermopylae durante as guerras persas. Um rei Leonidas (Gerald Butler) leva seus 300 soldados espartanos na batalha contra as forças persas e acumula uma das maiores contagem de corpos no campo de batalha da história do cinema. Uma obra-prima visual, onde a técnica de filmagem replica o imaginário da história em quadrinhos.

9 - Homem-Aranha ( 2002 )




Poucos personagens carregam o fardo emocional de ser um super-herói, mas o mais emblemático é o Homem-Aranha. 
Neste filme de 2002, Peter Parker (Tobey Maguire) vive com o lema de que "grandes poderes lhe trazem grandes responsabilidades" pesado sobre seus ombros. 

8 - Capitão América 2 - O Soldado Invernal ( 2014 ) 




Junto com Steve Rogers que começa a se adaptar à vida contemporânea, nós descobrimos que a Hydra se infiltrou na SHIELD. Não darei mais detalhes, mas afirmo que as cenas de batalhas são épicas e junto com algumas reviravoltas na história torna o Soldado Invernal um bom representante nessa lista.

7 - X-Men - Dias de Um Futuro Esquecido




O diretor Bryan Singer assumiu os X-Men, uma franquia que já era incrível, e nos ofereceu o melhor da série.
Os X-Men liderados por Wolverine, viajam 50 anos no passado para tentar parar os Sentinelas, robôs que foram projetados para caçar os mutantes e matar os seres humanos também. A ação se passa na década de 70 e coloca o Professor Xavier e o Magneto frente a frente em uma luta para sobreviver e salvar a raça humana.

6 - Sin City ( 2005 )



A adaptação de Frank Miller, estrelado por Bruce Willis, Clive Owen e Jessica Alba, Sin City nos leva para um passeio sem volta cheio de suspense e adrenalina. Ótima pedida. 

5 - Guardiões da Galáxia ( 2014 )




O que dizer sobre um filme que tinha tudo para ser um fracasso, pois inclui uma coleção de personagens quase desconhecidos? A Marvel fez o impossível se tornar possível em grande forma com os Guardiões da Galáxia. Com um elenco perfeito, a trama explora a missão que nossos herois entram para derrotar Ronan e salvar a galáxia. 

4 - Os Vingadores ( 2012 ) 




Em Os Vingadores, a Marvel reúne seus maiores herois: Homem de Ferro, Capitão América, Viúva Negra, o Hulk, Thor, Gavião Arqueiro e Fury. No que poderia ter sido um aglomeração desordenada de poder e de estrelismo, Os Vingadores teceu um das melhores e mais emocionantes histórias que os quadrinhos já colocaram em um filme. 


3 - Batman - O Cavaleiro das Trevas ( 2008 )




A segunda parte da trilogia do diretor Christopher Nolan é de longe o melhor. Neste trabalho inteligente e estilizado o diretor não teve medo de fazer o público ficar desconfortável com a questão da democracia em face do terrorismo, a tortura e da guerra. A atuação de Heath Ledger como o Coringa é extremamente tudo de bom. 


2 - Superman ( 1978 )




Talvez os mais jovens não entenderão o motivo deste filme estar nesta lista, mas tanto é devida pela interpretação de Christopher Reeve que trouxe a salubridade e o humor atrevido que era bem comum nos quadrinhos originais. É difícil de acreditar que este filme foi feito em uma época que não havia computadores sofisticados. 


1 - Homem de Ferro ( 2002 ) 




Robert Downey Jr. trouxe uma qualidade de estrela de rock para Tony Stark  raramente (ou nunca) vista em outros personagens de quadrinhos. Com irreverência o playboy ousado nos mostrou como era divertido ser um bilionário e super heroi ao mesmo tempo. O elenco incrível do filme, impulsionou o filme direto para a estratosfera. 


Então, concordam com a lista? Deixe sua apreciação nos comentários, pois nós adoraríamos saber o que vocês pensam. Abraços e até a próxima. 

Fonte 

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Um jeito criativo de falar sobre sexualidade com as crianças

Com a iniciativa de orientar sexualmente as suas crianças, a Suécia, que diz ser do país mais liberal, criou uma animação para passar em um programa infantil. Mas o que eles não esperavam era que fosse gerar muita polêmica. 



Pois é pessoal, com mais de quatro milhões de acesso no YouTube, o vídeo criado para uma televisão sueca é protagonizado por um pênis e uma vagina sorridentes. Com uma música que descreve por meio de termos usados por crianças pequenas as partes íntimas de ambos os sexos, o programa é voltado para a educação de crianças entre três e seis anos de idade. 

O desenho possui cerca de um minuto de duração e os personagens usam expressões como “snipp” e “snopp” (algo como “piu piu” e “pepeca”) para falar sobre o assunto.




"Lá vem o Piupiu correndo, ele está sem calça", a letra diz. "Pode acreditar, a Pepeca é legal, mesmo para uma vovó...Piupiu e Pepeca, que equipe genial".

A canção foi composta e é interpretada por Johan Holmström, cujos trabalhos anteriores para o programa incluem Xixi, puns e cocô, Eu gosto de gosma e Moluscos nas minhas calças. 

Pra mim é somente mais um programa que visa educar e deixar as crianças à vontade com seu próprio corpo, mas é claro que, nas redes sociais começaram a aparecer inúmeros comentários com indignação. 

De qualquer forma, deixem nos comentários sua apreciação sobre o assunto. Comentem mesmo que é muito importante para nós do blog. Não esqueçam de compartilhar nas redes sociais e dar um joinha na nossa página oficial do facebook. Abraços. 

Fonte 1 , 2 e



quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Tudo o que você precisa saber sobre o "Pau de Selfie"

Uma nova mania tem chamado a atenção dos brasileiros viciados em fotografia: o popular "pau de selfie". Acredito que você já deve ter ouvido falar sobre ele ou já ter visto alguém utilizando um por aí. 

O que eu posso dizer é que isso virou uma febre tão grande que começou a ser um dos principais assuntos nas rodas de conversa entre amigos. Mas você sabe realmente como este produto funciona?




Primeiramente, ele nada mais é que um bastão com o qual é possível colocar o celular mais distante do corpo para fazer o autorretrato em um ângulo mais aberto ou incluir toda a família e amigos na imagem.

A função dele é aumentar o ângulo captado pela câmera o que seria difícil com o braço do fotógrafo, por exemplo. Ou seja, o pau de selfie funciona como uma espécie de extensão do seu corpo, garantindo que todo o ambiente sejam capturados pelo telefone.

Funcionamento 

O pau de selfie é composto por três objetos: um bastão, um adaptador de celular e um controle sem fio. A primeira será responsável por fazer a distância entre você e o smartphone, normalmente com um comprimento de cerca de 1 m. Na ponta desse equipamento é enroscado o adaptador que funcionará como uma braçadeira para segurar o celular.



Há ainda um pequeno controlador Bluetooth que deve ser sincronizado com o seu smartphone. Feito isso, você será capaz de fazer a sua fotografia sem encostar na tela do aparelho, apenas pressionando o botão existente no acessório.




Os modelos mais comuns só são sincronizáveis com dispositivos com Android e iPhone, trazendo um botão específico para cada sistema. 

Não esqueça de verificar se o produto é compatível com o tamanho do seu aparelho e se ele é de boa qualidade, pois você não vai querer que seu celular tenha uma queda de uma altura tão grande não é mesmo?


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Os bichos-papões ao redor do mundo

Todo país tem uma extensa e rica tradição em invocar ameaças sobrenaturais para manter as crianças na linha. Possivelmente os pais as utilizam como último recurso, mas quando eles não conseguem garantir que as crianças se comportem bem há sempre um monstro assustador que consegue. Ele tem muitos nomes e pode apresentar diferentes formas (e até mesmo sexos), mas todas as culturas do mundo o conhecem: um ser sombrio, elusivo, entidade diabólica que tem uma dieta rigorosa - crianças malcriadas. Ele pode ser a encarnação do mal, mas também tem uma ligação com pais desesperados que não conseguem colocar seus filhos na cama na hora certa. Nós o conhecemos como bicho-papão, mas ao redor do mundo cada uma das diferentes culturas tem um nome diferente para esta criatura que faz ruídos misteriosos à noite. Em um ponto os pais ao redor do mundo concordam: o medo é uma tática excelente.

Boogeyman



Inglaterra

conhecido como: Bogeyman, Bogieman, Boogie Man, Bogy, Bugbear

outros paradeiros conhecidos: países de língua inglesa

Um fantasma sombrio e amorfo, que se esconde em lugares obscuros para assustar vítimas inocentes. Ele é mais um incômodo do que um perigo, e o seu poder é facilmente neutralizado pelo brilho da luz. O seu nome tem origem na Idade Média, onde a palavra “bugge” significa “algo assustador”.

Bokkenrijders



Holanda

outros paradeiros conhecidos: Bélgica e Alemanha

Os “cavaleiros de bode” são ladrões fantasmagóricos que são acompanhados dos seus bodes voadores. Foram lendas criadas por bandos de ladrões no século XVIII para intimidar e aterrorizar comunidades de fazendeiros locais.

Butzemann

Alemanha

conhecido como: Bütze, Buhmann, Mummelmann, Popelmann

outros paradeiros conhecidos: Holanda e Escandinávia

Um duende sem rosto ou um fantasma envolto em um capa. Ele se esconde em cantos sombrios, em baixo da cama ou dentro do armário e ataca crianças que não vão dormir na hora certa. O seu nome tem origem na Idade Média, da palavra alemã bôtzen (fazer bagunça) ou verbutzen (disfarçar ou dissimular).

Homem do Saco



Espanha

conhecido como: Hombre del Saco, Hombre del Costal, El Roba-chicos, Sack Man

outros paradeiros conhecidos: países do sul da Europa e América Latina

Um homem feio e esquelético que sequestra crianças bagunceiras em plena luz do dia e as carrega dentro de um saco. Dependendo das variações regionais, ele as vende ou as devora. Em algumas culturas uma figura parecida com a do Homem do Saco trabalha como o ajudante malvado do Papai Noel.

Baba Yaga



Rússia

conhecido como: Baba Roga, Złota Baba, Ježibaba, gorska maika

Outros paradeiros conhecidos: países eslavos

Uma bruxa com conexões profundas e poderosas com a floresta. Ela mora numa cabana que tem pernas de galinha gigantes, se locomove em um almofariz voador e carrega um pilão gigante. Dependendo do grau de pureza ou bondade da pessoa, pode devorá-la ou ajudá-la. “Baba” (Баба) significa “mulher” e “yaga” pode derivar da palavra pré-eslava serpente. Soa também parecido com as palavras polonesa “jędza” (bruxa), servo-croata “jeza” (horror) e eslavo-eclesiástica “jęza” (doença).

H’awouahoua



Algéria

Um monstro com o corpo composto de partes de diferentes animais, olhos com bolhas de baba flamejante e uma capa feita com as roupas de crianças por ele devoradas.

Tokoloshe

África do Sul

Seres aquáticos que cumprem ordens de bruxos malvados. Podem se tornar invisíveis ao beber água e causam todos os tipos de transtornos. Você pode se proteger deles, quando estiver dormindo, se colocar um tijolo em baixo de cada perna da sua cama. Mas, somente um feiticeiro poderá ajudá-lo a livrar-se para sempre deles.

Gurumapa

Nepal

Um gigante com garras enormes que come gente. Apesar dele achar delicioso o gosto de crianças é possível convencê-lo a não devorá-las. Hoje em dia ele desfruta de um banquete anual em troca de não devorar as crianças locais.

Wewe Gombel

Indonésia

O espírito vingativo de uma mulher cujo coração despedaçado a levou a cometer suicídio. Diferente dos outros tipos de bicho-papão, ela sequestra as crianças para protegê-las de pais malvados. Ela toma conta delas, com muito carinho, no seu ninho localizado no alto de uma palmeira e se recusa a devolvê-las até que os pais se arrependam de seu comportamento negligente e abusivo.

Namahage



Península Oga, Japão

Estes ogros vão de porta em porta no Réveillon à procura de crianças que não se comportaram durante o ano. Eles ficam muito felizes em tirar o peso dos ombros de pais, cujas crianças são preguiçosas, malcriadas ou que choram muito. O nome deles vem do famoso refrão - なもみコ剝げたかよ “Namomi ko hagetaka yo?” (“As bolhas já curaram?”) - que, supostamente insulta pessoas que ficam sentadas o dia inteiro preguiçosamente à lareira.

The Jersey Devil



Nova Jersey, EUA

conhecido como: The Leeds Devil

Uma criatura parecida com um dragão, constituída de uma mistura estranha de diferentes partes de animais e que possui um berro horrorizante. De acordo com a lenda a criatura foi o 13o. filho de uma mulher terrivelmente azarada, chamada de ““Mãe Leeds”” no ano de 1735. Desde então ela aterroriza aqueles que são tolos o suficiente para se aventurarem nos bosques de pinheiros à noite.

La Llorona



México

Ela afogou os seus filhos para poder ficar com um homem que, no final, a desprezou. Abandonada, acabou por se afogar. Porém, foi impedida de entrar no céu até que ela encontre os seus filhos. À noite, ela perambula pelas margens dos rios a procurá-los, chorando e gritando: “¡Ay mis hijos!” (“Ai, meus filhos!”), pegando qualquer criança que ela considere parecida com as suas. O seu nome é derivado do verbo espanhol “llorar” (chorar). Assim como a Banshee irlandesa, escutar o seu choro é considerado um presságio de morte.

Tata Duende



Belize

Um pequeno duende barbado, sem os polegares e com os pés voltados para trás, considerado como protetor da Flora e Fauna. Os pais advertem os seus filhos que o Duende Pai (tradução literal) irá levá-los, caso estes fiquem até tarde na rua ou entrem na floresta à noite. A parte dos pés voltados para trás e a da proteção à natureza lembra muito a descrição do brasileiro Curupira.

Mètminwi



Haití

Um homem com pernas incrivelmente longas que anda pelas cidades à meia noite para pegar e devorar qualquer um estiver pelas ruas. O seu nome é uma abreviação da palavra francesa ““maître”” (mestre) and ““minuit”” (meia-noite).

Cuca



Brasil

conhecido como: Coca, Cucuy

Uma canção infantil brasileira bem conhecida adverte as crianças a irem dormir. Caso contrário, a Cuca, uma mulher-jacaré, irá pegá-las. Ela é uma variação da portuguesa “Coca”.