quinta-feira, 28 de maio de 2015

Fifa 16 e a seleção feminina




Fifa 16, o novo game da popular franquia de futebol lançou seu primeiro trailer oficial nesta quinta-feira (28) depois de muito mistério da EA. A grande novidade ficou mesmo pela confirmação da inclusão, pela primeira vez, das seleções nacionais de futebol feminino.

No trailer podemos observar diversas atletas renomadas de diversas nacionalidades enfatizando, entre outras coisas, que as mulheres não estão somente para assistir e que o esporte também é delas.






O jogo já tem data de lançamento, 25 de Dezembro para todas as plataformas da velha e da nova geração (Xbox 360, PS3, Xbox One, PS4 e PC).

Brincadeiras nas redes sociais 

Logo após o anúncio do trailer oficial, as redes sociais ficaram lotadas de comentários sobre o assunto. Muitos apoiaram a iniciativa, outros estranharam e outros transformaram tudo em uma grande brincadeira.













quarta-feira, 27 de maio de 2015

Charlie, Charlie, a operação 7 a 1 foi pouco?


O mundo do futebol entrou em ebulição nesta quarta-feira por causa da operação da polícia suíça, impulsionada por uma investigação do FBI, nos Estados Unidos, para prender dirigentes da Fifa de origem do continente americano, como José Maria Marin, vice-presidente da CBF, Nicolás Leoz e Eugenio Figueredo, ambos ex-presidentes da Conmebol.

O motivo é o escândalo de suborno e outros crimes financeiros cometidos através do sistema financeiro dos EUA. De acordo com o FBI, o esquema movimentou cerca de R$ 450 milhões em pagamentos feitos para manutenção de contratos de transmissão televisivas e direitos de marketing de diversas competições.

Fonte: Lancenet

Embalado nessa notícia e na brincadeira que tomou conta das redes sociais, o blog também resolveu invocar o fantasma Charlie e fazer a sua pergunta.

Para quem não conhece, o espírito que atende pelo nome de Charlie move lápis e responde as perguntas das pessoas mais corajosas. 

"Charlie, Charlie, a operação 7 a 1 foi pouco?" 

Nos EUA o papo é outro, esperamos que os presos sejam julgados por lá, pois ver gente desse tipo presa é sempre bom. Alguns fantasmas a menos no mundo do futebol. 


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Série: Dica de Leitura - Dia do Orgulho Nerd

Nesse dia 25 de Maio é comemorado o Dia do Orgulho Nerd e para homenagear essa data, voltamos com nossa série dica de leitura, e indicamos alguns dos livros mais relevantes dessa cultura para que essa data não passe em branco. Acompanhem: 


O Guia do Mochileiro das Galáxias 



Referência no humor britânico, parodiando a humanidade ao mesmo tempo em que leva os protagonistas a viver as situações mais absurdas e engraçadas em diversas partes do universo graças ao Gerador de Improbabilidade Infinita. Graças ao livro há o Dia da Toalha, celebrado no dia 25 de maio, que é parte da celebração do Dia do Orgulho Nerd.

As Crônicas de Gelo e Fogo (Game of Thrones) 




O seriado mais popular do momento veio da série de livros de George R. R. Martin. Todas as reviravoltas, as tramas, as mortes, a violência, o sexo, e tudo mais que é mostrado nos domingos pela HBO passaram antes pelas páginas do livro. Algum dia a série se tornará independente, no entanto, mas até lá, ler o livro é a melhor forma de saber o que acontecerá na TV.

Isaac Asimov 




Asimov é provavelmente a maior referência em literatura de ficção científica, principalmente pelo envolvimento com a robótica, com destaque para a série da Fundação (a trilogia original e mais quatro livros lançados posteriormente) e vários outros contos, como “Eu, Robô”. Suas previsões sobre o futuro são impressionantemente precisas.

Philip K. Dick



Outro destaque da ficção científica literária, o seu grande destaque é o livro “Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas?” (lançado no Brasil no passado com o nome “O caçador de androides”), que deu origem ao filme Blade Runner. Entre livros e contos há ainda destaques importantes como “O Vingador do Futuro” e “Minority Report”

Bernard Cornwell 



Saindo da ficção científica e entrando em romances históricos, com um pé na fantasia medieval, a obra de Cornwell é um prato cheio para quem gosta deste tipo de material, com destaque para “As Crônicas de Artur” e “As Crônicas Saxônicas”.

Jogador número 1 




“Ready Player One”, escrito por Ernest Cline, conta a história de um futuro no qual as pessoas se conectam a um mundo de realidade virtual chamado OASIS. Quando seu criador morre, as pessoas descobrem que ele deixou escondido um “easter egg”; quem encontrá-lo poderá ter acesso a toda a sua fortuna. Toda a busca por este prêmio é recheada de referências a games e à cultura pop oitentista.

Lembramos sempre que são somente dicas. Você não precisa necessariamente gostar ou aprová-las, mas pode acrescentar outras obras que ao seu ver ficou faltando. Deixe sua opinião nos comentários e até a próxima.



quinta-feira, 21 de maio de 2015

Museus do Estado de São Paulo

Como serviço de utilidade pública, para você que mora em São Paulo ou passar por lá somente para uma visitinha, disponibilizo uma lista com todos os museus da cidade. 

Quando chega o final de semana muitas vezes queremos fazer algo diferente e não sabemos o que. Nada como uma visita cultural em um desses museus, ou quem sabe até em todos. 

Segue abaixo a relação e seus respectivos endereços:

Museu de Arte de São Paulo - MASP 



Incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios ao seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes visuais, visando o desenvolvimento e o aprimoramento cultural do povo brasileiro.

Avenida Paulista, 1578 - São Paulo - SP
Telefone (55 - 11) 3251-5644 / Fax (55 - 11) 3284-0574
Próximo à estação do metrô Trianon-MASP 


Museu Afro Brasil 




Patrimônio cultural africano e afrobrasileiro. A história do Brasil a partir de suas raízes.

Rua Pedro Álvares Cabral, s/nº
Pavilhão Manoel de Nóbrega
Parque do Ibirapuera, portão 10 - São Paulo -SP
Telefone (11) 5579-3542
Acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida



Museu da Imagem e do Som - MIS 



Fotografia, cinema, artes gráficas, música e história oral. A arte em movimento. 

Av. Europa, 158 - Jardim Europa - São Paulo - SP
Telefone (11) 2117-4777
Estacionamento pago
Acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida


Museu da Língua Portuguesa 



Tecnologia e recursos interativos com foco na palavra

Praça da Luz, s/nº - São Paulo - SP
Telefone (11) 3326-0775
Grátis aos sábados


Museu de Arte Sacra de São Paulo 



Um raro panorama da religiosidade e da fé através de obras de arte e hábitos culturais

Av. Tiradentes, 676 - Luz - São Paulo - SP
Telefone (11) 3326-1373
Estacionamento Grátis


Museu de Esculturas Felícia Leirner



Esculturas ao ar livre. Bosques, alamedas e jardins: a arte da natureza abriga a arte humana.

Av. Dr. Arrobas Martins, 1.880
Campos do Jordão - SP
Telefone (12) 3664-0210/3166
Igresso R$1,00 e Estacionamento pago



Museu Casa de Portinari



Casa e obra do artista. Respire os mesmos ares que o mestre respirou. E inspire-se.

Praça Cândido Portinari, 298 - Brodowski - SP 
Telefone (16) 3664-4284
Grátis


Museu do Café 



A trajetória do grão que revolucionou São Paulo. Uma história com gostinho diferente. 

Rua XV de Novembro, 95 - Centro 
Santos - SP
Telefone (13) 3213-1750


Museu Índia Vanuíre



Arte e cultura indígena. Um elo perdido entre o homem moderno e a natureza.

Rua Coroados, 521
Tupã - SP
Telefone (14) 3491-2202


Museu Catavento Espaço Cultural da Ciência 



Ciência e tecnologia tratadas de forma lúdica e acessível para os mais diversos públicos.

Palácio das Indústrias - Parque Dom Pedro II
São Paulo - SP
Telefone (11) 3315-0051


Museu do Futebol 



História e arte da maior paixão nacional. Um endereço onde todas as torcidas se reúnem.

Praça Charles Miller , s/nº 
Estádio Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu 
São Paulo - SP
Telefone (11) 3664-3848


Paço das Artes 



Arte Contemporânea e experimentação. Quem faz arte hoje, passa por aqui. 

Av. da Universidade, 1 - Cidade Universitária (USP)
São Paulo - SP
Telefone (11) 3814-4832


Museu da Casa Brasileira Mobiliário, design e arquitetura



Uma casa com objetos e endereços nobres. E o melhor: aberto a todos.

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705
Jardim Paulistano - São Paulo -SP
Telefone (11) 3032-3727/ 3032-2564
Grátis aos Domingos e feriados


Museu Casa Guilherme de Almeida 



Vida, poesia e arte. Um túnel do tempo com mobília e acervo originais.

Rua Macapá, 187, Pacaembu 
São Paulo - SP 
Telefone (11) 3673-1883 / 3672-1391


Pinacoteca do Estado 



Um impressionante panorama da arte brasileira dos séculos XIX e XX.

Praça da Luz, 2 Luz - São Paulo - SP
Telefone (11) 3324-1000
Grátis aos sábados 


Memorial da Resistência 



Memórias da resistência e da repressão políticas no Brasil. Toda história precisa ser contada. 

Largo General Osório, 66 - Luz
São Paulo - SP
Telefone (11) 3324-0943/0944


Museu da Imigração / Memorial do Imigrante 



História da imigração em terras paulistas. Do mundo para a hospedaria dos imigrantes e, de lá, para todo o estado. 

Rua Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca
São Paulo - SP
Telefone ( 11) 2692-7804
(telefone do Arquivo do Estado de SP)




Como vocês puderam perceber, não foram listados todos, mas os mais importantes estão presentes e é sempre bom dar uma ligada ou visitar a página na internet para se obter mais informações. 



terça-feira, 19 de maio de 2015

A hóspede indesejada

Hoje a tristeza veio me visitar 
Disse que estava triste, carente, com dificuldades, se podia ficar
Não era minha intenção, mas não soube como recusar
Hoje a tristeza veio me visitar 
E durante toda noite fez eu me lembrar
De que ela estava lá 
Mesmo sem eu querer ela me fazia conversar 
E falava dos momentos felizes que eu já vivi, 
Dos sonhos que eu não consegui cumprir,
Dos amores que eu perdi
E que tudo que eu tinha era ela aqui

Hoje a tristeza veio me visitar 

Eu só espero que pela manhã ela se vá 
Não sei se eu suportaria se ela resolvesse ficar

(Não que eu fosse expulsá-la, até porque não sei se posso enfrentá-la) 
Maldita tristeza que vence a lógica e que não quer ir embora 
E quando chega, alguns até choram 
Maldita tristeza!
Que acaba com meu dia e manda embora a alegria 
Maldita tristeza!
Que me deixa isolado na escuridão de meu quarto sem ver a luz do dia 
Maldita seja toda aquela tristeza
(que eu sentia)...


BY: ANDRÉ POETA

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Vem aí o pendrive para celular



A Multilaser traz mais uma novidade voltada para smartphones, tablets e computadores: o pendrive OTG Dual USB. A grande novidade do produto é que, além do uso convencional em computadores, ele também pode ser utilizado em smartphones e tablets, através da saída micro USB 2.0.

Com capacidades de 8 GB e 16 GB, o produto permite a liberação de espaço de armazenamento em tablets e smartphones, facilitando a portabilidade de arquivos entre os aparelhos. Basta o aparelho ter sistema operacional Android 4.0 ou superior, e ser compatível com a tecnologia OTG (On the Go), comum na grande maioria dos smartphones.

O pendrive possibilita a transferência de fotos, músicas e outros dados sem a necessidade de cabos ou conexão Wi-Fi. Outra vantagem é a de rodar conteúdos sem a necessidade de transferi-los para a memória do dispositivo. Por exemplo, para assistir a um filme em HD no tablet, basta conectar o pendrive ao aparelho e rodar o conteúdo, sem precisar ocupar a memória do dispositivo.

Compatível com dispositivos Android, Mac OS e Windows, o pendrive OTG Dual USB está disponível com capacidades de armazenamento de 8 GB e 16 GB. Os preços sugeridos são R$ 29,90 e R$ 49,90 respectivamente.



sexta-feira, 15 de maio de 2015

Morre o rei do blues



O músico B.B. King, considerado o "rei do blues" e integrante do Hall da Fama do Rock and Roll desde 1987, morreu na madrugada desta sexta-feira (15) em Las Vegas, nos Estados Unidos, aos 89 anos de idade, informou seu advogado.

No início de abril, o guitarrista havia sido hospitalizado após sofrer uma desidratação por causa da diabetes tipo 2 da qual sofria há mais de 20 anos. Ele voltou a ser internado há poucos dias.

A lenda se despede com 16 prêmios Grammy, mais de 50 discos em quase 60 anos de carreira e músicas que marcaram época, como “Three o’clock blues”, “The thrill is gone”, “When love comes to town”, “Payin’ the cost to be the boss”, “How blue can you get”, “Everyday I have the blues”, “Why I sing the blues”, “You don't know me”, “Please love me” e “You upset me baby”.

Considerado o maior guitarrista de blues da atualidade, verdadeira lenda. Riley B. King, nasceu em 16 de setembro de 1925, no Mississippi, Estados Unidos. Sua infância foi parecida com a de milhares de meninos negros, trabalhadores agrícolas nas grandes plantações de algodão do sul segregacionista.

Tocava nas esquinas e em bares. Comprou o primeiro violão quando a falta de eletricidade no interior do país fazia dos instrumentos musicais a maior atração dos anos de 1940.

O músico foi autodidata, nunca teve professor convencional. Gostava de ser seduzido pelas melodias. Mas teve teve a sorte de contar durante a adolescência com o apoio protetor de Bukka White, seu primo. Este guitarrista, muito renomado na região, deu as dicas de guitarra ao futuro gênio e o levou a descobrir a grande cidade da música, Memphis, para onde se mudou em 1947.

O futuro B.B. King passou a conviver com Sonny Boy Williamson (Rice Miller), Robert Lockwood Jr, Bobby "Blue" Bland e tocava regularmente na Beale Street, onde mais tarde abriu um clube com seu nome, a "Broadway" da música negra nos Estados Unidos.
Sua carreira ganhou novo fôlego em 1949 ao ser contratado como DJ de uma rádio, onde ganhou o apelido que o eternizou, Blues Boy, ou B.B.

Seu primeiro grande sucesso nacional foi “Three o'clock blues”, que estourou nos anos 1950. A partir daí começou a fazer turnês sem parar. Só no ano de 1956 sua banda chegou a fazer 342 apresentações.

B.B. King criou um estilo autêntico de guitarra. Em seus solos, ao contrário de outros guitarristas, o Rei do Blues preferia usar poucas notas. Ele dizia que conseguia fazer uma nota valer por mil.


quinta-feira, 14 de maio de 2015

Entendendo um pouco a natureza do sono



Depois de uma bela soneca pela tarde achei que seria uma boa ideia postar alguma coisa sobre o sono, a insônia e os assuntos relacionados a esse tema. Encontrei então um vídeo super interessante e bem resumido à respeito do assunto no Canal Minutos Psíquicos, que por sinal possui muitos outros vídeos legais e esclarecedores que valem a pena serem assistidos. Fica a dica.




No momento é somente isso. Espero que tenham gostado e que possam ter uma boa noite de sono. 


terça-feira, 12 de maio de 2015

Denúncia: A Conmebol está perseguindo ao Corinthians?



O time do Corinthians foi campeão da edição de 2012 da Libertadores da América tirando o peso de nunca ter conquistado o torneio das costas. A partir dali, o que se viu foi inúmeros jogos que o time foi prejudicado descaradamente.

Começou com uma punição na competição do ano seguinte quando o clube foi obrigado a jogar uma partida com portões fechados. Naquela ocasião a punição parecia justa devido ao fato de no jogo anterior, após um acidente com um rojão, um torcedor saiu morto.

Mas parece que a queda de braço que alguns torcedores quiseram ter com a confederação ao entrar na justiça comum para reivindicar o acesso ao jogo em questão desencadeou uma perseguição nos bastidores da entidade com o clube.

Na fase seguinte, tanto fez que conseguiu ao escalar um famoso juiz caseiro que aparenta ter favores a cumprir, deliberadamente prejudicasse o time em um dos maiores escândalos de arbitragem dos últimos tempos que ocasionou a eliminação precoce do time no torneio.

O juiz conseguiu tirar toda e qualquer chance de reação do clube a não assinalar dois pênaltis e ainda anular um gol legítimo. 

Na edição atual de 2015, já no jogo de estreia, o principal jogar do clube foi expulso em pouco tempo de partida após um lance que o critério do juiz não foi respeitado para ambas as equipes. E depois do julgamento pegou um gancho de três partidas. 

A última deliberação foi no clássico local contra o seu rival paulista, onde em situação semelhante de 2013 a arbitragem não permitiu a reação do time ao expulsar injustamente um jogador do time aos vinte minutos de jogo. Quando o jogo poderia ficar mais equilibrado mais um erro do juiz freou uma possível reviravolta e o mesmo expulsou mais um jogador sem necessidade.

E mais uma vez o rigor do tribunal fez com que os jogadores expulsos ficassem fora de mais jogos importantes.

Vão dizer que o tribunal está mais rígido e eu até concordo, porém não está havendo o mesmo peso em casos semelhantes. Prova disso que outros times não foram julgados por incidentes em seus estádios como o caso de uma pilha que acertou um auxiliar, ou o caso do jogo do Boca Júniors contra o River que o pau comeu solto, houve cusparadas e nada acontecerá. 

Pode parecer chororô, mas estamos de olho.Vamos aguardar o decorrer da competição torcendo sempre pelo título do clube, mas que se houver alguma eliminação precoce, esperamos que não seja motivado por nenhuma força externa. 

Fica até meio chato uma postagem dessas antes de uma partida importante, vão dizer que já é uma desculpa para uma possível eliminação.




segunda-feira, 11 de maio de 2015

10 explicações científicas para nossos comportamentos estranhos

Os humanos fazem coisas tão estranhas que às vezes sequer percebemos como nosso comportamento pode ser excêntrico.

No espírito de analisar a nós mesmos, aqui estão algumas das coisas mais estranhas que fazemos todos os dias e as principais explicações do porquê fazemos.

10 - Não substituir o rolo de papel higiênico



Parece meio ridículo, mas na escala de coisas que temos dificuldade de fazer entra na lista o simples ato de substituir um rolo de papel higiênico que acabou.
A razão para esse desleixo, de acordo com os Psicólogos de Nova Iorque,  não é realmente devido a nossa preguiça, mas é devido ao fato de que substituir um rolo não é nenhum pouco estimulante e não oferece praticamente nenhuma recompensa intrínseca.
Tarefas semelhantes como tirar o lixo para fora ou lavar os pratos são igualmente chatos e desmotivadores, mas pelo menos tem a satisfação de manter e poder ver as coisas limpas e livres de ratos ou insetos. É correto que trocar o rolo de papel higiênico podem fazer as coisas parecerem um pouco melhor, mas e daí?
Segundo os psicólogos, para os seres humanos se motivarem verdadeiramente, a tarefa deve atender a três necessidades: competência, autonomia e relacionamento. A tarefa deve ser desafiadora o suficiente para nos fazer sentir competente quando concluí-la. Deve fazer-nos sentir como se tivéssemos algum tipo de controle sobre o que estamos fazendo. E isso deve nos dar a sensação de que estamos melhorando nossas relações com os entes queridos. Parece algo meio doido, mas faz todo o sentido biológico.

09 - Desejo de morder os bebês



Toda vez que há um bebê ao redor, alguém invariavelmente diz com aquela vozinha fina que quer morder as bochechas, ou os dedinhos ou alguma outra parte do corpinho dele. Ma afinal, qual é a necessidade e o problema que temos com isso? Por que temos vontade de morder as coisas fofas?
Os cientistas têm duas teorias principais para esse fenômeno. A primeira ideia é que de alguma forma os nossos fios de detecção de recreio estão ficando atravessado no nosso cérebro. Quando as pessoas (especialmente as mulheres) estão perto de um bebê recém-nascido, temos uma corrida de dopamina semelhante ao que acontece quando comemos um comida deliciosa. Esta sobreposição de sentidos inconscientemente nos dá o desejo de colocar as coisas bonitas em nossas bocas.
A outra explicação é que é uma forma de brincadeira de morder, que é muito comum entre muitos outros mamíferos. Muitos animais beliscam, dão mordidinhas, e lutam de uma forma amigável e brincalhona. Não é claro se eles fazem isto para aprimorar suas habilidades de combate, para aumentar as habilidades motoras, ou simplesmente para se divertirem , mas o comportamento geralmente acontece entre aliados confiáveis. Eles possuem confiança suficiente para colocar a mão na boca de outro e deixá-los morder. Assim, nesse caso, as mordidas são usadas para aumentar os laços sociais, e que poderia explicar por que, inconscientemente, fazemos isso. Seria como que se sentíssemos o desejo de alcançar emocionalmente algo que achamos bonito.

08 - Rir em horas inapropriadas




A maioria de nós somos culpados por rir inapropriadamente em um momento ou outro, como quando vemos alguém cair e se machucar ou quando estamos retransmitindo más notícias. E embora saibamos que não há nada engraçado sobre a morte da avó, nós ainda podemos nos encontrar tentando conter ataques de riso em seu funeral. Rir nesses tipos de situações não é necessariamente certo para os padrões sociais, mas é aparentemente bastante comum, e há uma boa razão para isso.
Quando rimos em uma circunstância solene, não significa que estamos de coração frio ou desrespeitoso. Na verdade, é provável que seja um sinal de que estamos sob uma grande dose de estresse emocional e o nosso corpo está usando o riso como uma maneira de aliviar um pouco o desconforto ou a tensão. Da mesma forma, quando rimos de alguém que cai e não se machuca é uma forma de deixar saber que, embora a pessoa possa ter ficado constrangida, ela não está gravemente ferida, e não há necessidade de alarde.

07 - Fascínio com psicopatas



Uma boa parte da população tem o fascínio por psicopatas e os mais macabros em específico, então corremos para assistir a um bom filme de terror.
Acredita-se que essa ideia vem do fato de que ao assistirmos ou ouvirmos algo sobre psicopatas nos permite sair um pouco da nossa realidade de sempre cumprir as leis e entrar na pele de alguém que só pensa em si mesmo. Seria como se pudéssemos não fazer qualquer uma das coisas que automaticamente fazemos todos os dias, como se preocupar com os sentimentos dos outros ou de ser justo. Imaginar-se na pele dessa pessoa, mesmo que inconscientemente, temporariamente nos libertaria destas obrigações sem realmente causar qualquer dano.

06 - Fingir que sabe das coisas



A maioria de nós já viveu uma situação no qual alguém nos faz uma pergunta e sequer pensamos sobre ela e já respondemos um "sim" ou fingimos conhecer sobre o assunto sem ao menos sequer sabermos do que estamos falando. De fato não há uma explicação se nós realmente fingimos que sabemos das coisas ou se fazemos isso acidentalmente. 
Alguns dizem que isso acontece devido ao fato de que quando ouvimos uma pergunta, nosso cérebro começa a inferir, assumir e inventar explicações para as coisas. Nosso cérebro sempre acha que devemos saber alguma coisa sobre determinados assuntos. 
Há outra teoria que diz que gostamos de glorificar o conhecimento e temos uma necessidade de passar isso para as pessoas e no final isso acaba que virando uma espécie de vício. E esse hábito pode ser difícil de quebrar.

05 - Chorar 



Chorar parece ser uma experiência bastante comum e algo que ninguém acha tão estranho. Porém se pararmos para analisar, parece ser um pouco bizarro o fato de sair águas dos nossos olhos. O que água salgada tem haver com olhos e emoções? 
Curiosamente, os seres humanos são as únicas espécies que emitem lágrimas emocionais e segundo os cientistas, o ato pode ter começado como um método de proteção, logo que nos tempos primórdios da evolução era originado como uma resposta ao perigo ou a um problema.

04 - Espasmos ao adormecer 



70% das pessoas se contorcem ou tem um empurrão involuntário ao adormecer e esse hábito que é comum pode ter uma explicação. Os cientistas não estão completamente certos, mas possuem hipóteses que explicam esses espasmos. 
Alguns cientistas acreditam que não é nada mais do que uma reação acidental que acontece quando nossos nervos falham no momento da transição do estado de alerta para o estado de dormir. Isso porque não temos um botão que podemos apertar:"on" quando acordado e "off" para dormir. Nosso processo é de gradual transição. 

03 - Fofocar 



As mulheres geralmente são colocadas como sendo as "rainhas da fofoca", mas pelo menos 32% dos homens também gostam de falar da vida alheia. 
A razão para isto é que a maioria de nós tem um desejo inerente de se relacionar com outras pessoas imediatamente e em um impulso paramos de dominar todas as obrigações morais que sentimos, então falamos dos outros.  Queremos formar conexões sociais com as pessoas ao nosso redor, e fofocando não só nos dá algo para falar como também criamos um senso de confiança, uma vez que o ato de fofocar dá sinais de que estamos ligados na outra pessoa. Por sua vez, a outra pessoa compartilha segredos, e uma relação é estabelecida. 

02 - Gostar de filmes dramáticos 



Apesar das dificuldades do dia-a-dia e das tristezas que passamos, mesmo assim ainda gostamos de assistir filmes que nos sujeitam a mais tristezas. Apesar de ser contraditório uma das razões para isso é que ao assistir filmes nesse gênero faz com que nos sentimos mais felizes em um curto prazo, portanto, fazendo aumentar o prazer pelo filme. 
Pesquisadores da Ohio State University descobriram que assistir a filmes tristes levam as pessoas a pensar sobre seus próprios relacionamentos próximos, o que faz com que se sintam agradecidos e satisfeitos com suas vidas. Vendo tragédias na tela faz com que as pessoas examinem suas próprias vidas e agradeçam pelas suas bênçãos.

01 - Pausa silenciosa 



Independentemente de sabermos que há qualquer coisa de valor a dizer, muitos de nós sentimos um desejo ardente de encher cada momento com o silêncio. O que há de tão ruim em apenas sentar calmamente com alguém, e de fazer um silêncio prolongado? 
Nada, não há mal nenhum e em muitas culturas é um sinal de respeito. Muito dos nossos comportamentos se resumem a um desejo primordial de pertencer e se encaixar em algum grupo e a pausa silenciosa reforça um elo da relação. 

Fonte


quinta-feira, 7 de maio de 2015

Sete dicas para superar um desafio difícil no videogame



Todo bom gamer já se deparou com um desafio que não conseguia concluir do seu jogo favorito. Desde aquele trecho que você não consegue passar até aquela missão que você não consegue finalizar. Claro que na atualidade os jogos estão mais fáceis, pois nem se comparam com os da época de cartucho que muitos eram semi impossíveis de serem finalizados. Mas ainda sim, é possível encontrar jogos com níveis de dificuldade elevados mesmo nos consoles da nova geração.

Quando deparado em uma situação dessa, muitos não sabem o que fazer, muitos apelam para tutoriais de internet e outros chegam a desistir, pois mesmo com dicas, quando o desafio requer mais habilidade pessoal do que qualquer outra coisa, não tem com quem contar a não ser com você mesmo. 

Pensando nisso que selecionamos 7 dicas que podem ser úteis para você que ainda sonha superar o seu maior desafio atual no videogame. 


1 - Treine 



Se o jogo lhe dá a oportunidade de treinar, treine. Desenvolva novas habilidades, aprenda o que antes você não sabia e depois coloque em prática. Várias horas executando os mesmos movimentos ou repetindo missões serve como treino também. 

2 - Mude de estratégia



Se acha que já fez de tudo, mude de estratégia. Muitas vezes ficamos presos em uma forma e não aceitamos mudá-la. Tente pensar diferente do que já vem pensando.

3 - Converse com quem já conseguiu, troque conhecimentos




Se você tem aquele amigo que possui o mesmo jogo, converse com ele, verifique a forma de sucesso que ele usou, pois quem sabe você não possa usar também. Se por ventura não tem alguém para compartilhar suas dificuldades, entre em fóruns da internet, faça uma pesquisa, pois sempre tem alguém nesses grupos que possuem as mesmas dificuldades do que você e tente trocar conhecimento com eles.

4- Dê um tempo, fique sem jogar alguns dias ou meses para recuperar as energias




Alguns jogos são tão complicados que a fadiga de várias tentativas dificulta ainda mais. Nesse caso, dê um tempo, fique sem jogar por alguns dias (ou meses) para que você possa recuperar o controle e diminuir o cansaço mental ocasionado pelo esforço. Quando voltar a jogar verá que as coisas ficarão mais fáceis.

5 - Não desista 



Aconteça o que acontecer, não desista. Haverá muitos momentos que você vai querer largar de mão. Quando essa vontade vier, use as informações da dica anterior.   

6 - Tutoriais da internet




Ver tutoriais de dicas na internet não lhe garante o sucesso, mas lhe ajuda com informações e truques que possa ser desconhecido por você e bem úteis. 

7 - Peça para alguém fazer pra você 

Não use essa dica ao menos que esteja desesperado. 

Se você realmente gosta do jogo, você não se dará por satisfeito ao nível que chegou e vai querer superá-lo. Tenha muita paciência, continue tentando que uma hora, com certeza, você conseguirá. Lembre-se que no fim das contas, tudo depende de você. O poder está em suas mãos.